Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com golaço de Macedo, Braga bate Oeste e dispara na tabela

Bragança Paulista (SP)

Diante de quase 600 pagantes, o Bragantino recebeu o Oeste no estádio Nabi Abi Chedid pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e disparou na classificação ao vencer por 2 a 0. O protagonista do confronto foi o lateral direito Diego Macedo, responsável por fazer um golaço que ajudou a encerrar jejum de quatro jogos sem vitórias. O Rubrão agora não vence há três jogos.

O belo gol foi marcado nos minutos finais do primeiro tempo, em grande jogada individual do ala. Nos acréscimos do segundo tempo, Magno Cruz fechou a conta. Com o resultado, o time de Bragança Paulista chega aos 19 pontos, saltando para a nona colocação na tabela. Já a equipe de Itápolis estaciona nos 16 pontos e vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima.

Na próxima rodada, a 15ª da competição nacional, o Oeste tenta a recuperação jogando em casa diante do Paysandu. A partida com o time da Curuzu está marcada para as 19h30 (de Brasília) de terça-feira no Estádio dos Amaros, em Itápolis. Já o Bragantino visita o Atlético-GO, também na terça, às 21h50 no Serra Dourada, em Goiânia.

Arte GE.Net
O jogo – Beirando a zona da degola, as duas equipes protagonizaram jogo eletrizante, com a primeira chance acontecendo logo no primeiro minuto. O meia Wanderson cobrou falta na entrada da área e levou perigo à meta defendida por Leandro Santos, deixando a pequena torcida alvinegra apreensiva.

A resposta dos donos da casa saiu apenas aos 33 minutos, quando o volante Elias cruzou para Dudu na grande área rubro-negra. O atacante girou, bateu forte, viu a bola desviar na defesa e lamentou quando ela explodiu no pé da trave de Fernando Leal. Na sequência, o Oeste voltou a incomodar, mas o chute do lateral direito Arnaldo passou por cima do gol.

Para alegria do técnico Vagner Benazzi, o Braga conseguiu descer para os vestiários em vantagem no placar, graças ao golaço marcado pelo ala direito Diego Macedo. O destaque da partida arrancou da direita para o meio, deixou dois marcadores para trás e tocou de bico para surpreender Fernando Leal e balançar as redes.

E se Edison Só fez alguma modificação na postura do Rubrão nos vestiários, o zagueiro Mauro Viana tratou de deixar o treinador na mão no primeiro minuto da etapa complementar ao ser expulso por carrinho violento em Dudu. O cartão vermelho desanimou os visitantes, que pouco ameaçaram Leandro Santos quase viram o Massa Bruta ampliar nos minutos finais em finalizações de Cesinha e Diego Macedo.

Já nos acréscimos, a situação do Oeste complicou de vez. A zaga parecia ter controlado lance aos 48 minutos, mas Dudu foi mais esperto para roubar e rolar na marca do pênalti. Magno Cruz bateu firme, a bola desviou e morreu mansa nas redes visitantes. Após o gol, os rubro-negros ficaram revoltados e tentaram agredir Diego Macedo, que se refugiou no túnel de acesso ao vestiário.

O árbitro Marcelo Aparecido de Souza demorou a controlar a confusão e só acalmou os ânimos das equipes quando o atacante Fábio Santos e o autor do primeiro gol do jogo foram expulsos por provocarem o tumulto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade