Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Coxa lamenta chances perdidas, mas minimiza fim da invencibilidade

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba perdeu sua invencibilidade no Campeonato Brasileiro 2013 para o Cruzeiro e ainda saiu do Mineirão com problemas de lesão em Bill e Keirrison, que se juntam a Deivid e Alex no departamento médico alviverde. Bastante irritado na saída do gramando, o meia Robinho admitiu uma falha em sua na marcação no momento do único gol da partida, mas também não deixou de criticar o setor ofensivo.

“Acabei falhando no gol, não acompanhei o lateral. Fizemos um grande jogo e poderíamos ter um resultado legal. Até acertamos o último passe, mas erramos dentro do gol, era só empurrar para dentro. Mas ainda estamos brigando pelo campeonato. Agora vamos reverter diante do Grêmio”, disse o jogador, que minimizou desfalques importantes do time. “O Alex faz diferença e o Deivid é o jogador de que mais sentimos falta, porque aparece para fazer tabela, mas mesmo assim fizemos um grande jogo”, completou.

O lateral Diogo, que voltou a ser titular, também não ficou nada satisfeito com as chances perdidas, mas lembrou que o Coxa segue no G-4, o que é mais importante que a invencibilidade perdida. “A gente sabia que seria um jogo dificil, mas teve momentos da partida em que a gente dominou. Fomos infelizes na finalização. Quando aparecem as oportunidades, tem que matar. Não fizemos o gol e não empatamos o jogo. Estamos em cima da tabela e vamos brigar entre os quatro”, avaliou.

Já o volante William não achou o ataque eficiente, não só pelas chances perdidas, mas também pela forma desordenada com que tentava chegar à frente, e agora já pensa no próximo adversário. “Tentamos atacar, mas meio desengonçados para fazer o gol de empate. Uma hora a gente ia perder. Agora é trabalhar e já pensar no Grêmio”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade