Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cruzeiro defende liderança do Brasileiro contra o Santos

Dos correspondentes Rodrigo Martins e Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Líder do Campeonato Brasileiro, com 24 pontos, o Cruzeiro aposta no fator casa para seguir na ponta da competição nacional. A Raposa vai receber o Santos, domingo, às 16 horas (de Brasília), no Mineirão, estádio que tem feito a diferença em favor da equipe celeste. Desde a reabertura do Gigante da Pampulha, o time mineiro mantém aproveitamento de 100%, com 13 vitórias consecutivas.

Se superar o Peixe, além de manter a invencibilidade em casa, o Cruzeiro terá quebrado um tabu de seis jogos sem vencer o Santos. O último triunfo da Raposa em cima dos santistas aconteceu no Brasileiro de 2009. O momento dessa vez é favorável ao time mineiro, já que os santistas estão na parte de baixo da tabela e ainda sentem os efeitos da goleada sofrida para o Barcelona.

Para duelar contra o Peixe, o técnico Marcelo Oliveira terá uma ausência importante. Suspenso, o meia-atacante Everton Ribeiro não poderá participar do confronto, e outro destaque da Raposa, o atacante Vinícius Araújo, admitiu que o time sentirá falta do armador, mas também disse que confia na força do grupo celeste.

"O Everton Ribeiro é um grande jogador, que sempre tem me dado assistências. Ele é muito inteligente. Mas tenho certeza que quem entrar vai substituí-lo muito bem. Temos um grupo muito qualificado, mas a gente vai sentir falta dele", afirmou.

As opções para substituir Everton Ribeiro são: o atacante argentino Martinuccio e o meia-atacante Lucca. “Temos essas duas opções, o Martinuccio, o Lucca. A gente tem condição de fazer um time forte no Mineirão, ofensivo e que possa ter equilíbrio para defender a boa equipe do Santos”, disse Marcelo Oliveira, que terá o retorno do volante Nilton, poupado contra o Criciúma.

Sensação do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro recebe o Santos, neste domingo, a partir das 16 horas (horário de Brasília), no Mineirão. O Peixe ainda tenta se recuperar do baque causado pela goleada sofrida diante do Barcelona, por 8 a 0, no dia 2, mas já mostrou poder de reação ao buscar o empate no clássico com o Corinthians, na última quarta-feira, na Vila Belmiro.

Para este compromisso, o técnico interino, Claudinei Oliveira, deve promover algumas alterações na equipe que atuou diante do Timão. A primeira mudança fica por conta da entrada do chileno Mena no lugar do veterano Léo, na lateral esquerda. A outra modificação deverá ser o jovem Giva no lugar do centroavante Willian José, expulso no clássico e que, por esta razão, irá cumprir suspensão automática nesta rodada. No meio-campo, Claudinei deve optar pela manutenção do volante Alison, mas a escalação do meia Leandrinho não está descartada.

A partida com os mineiros também marca o reencontro do meia Montillo com a torcida cruzeirense. Alguns torcedores da Raposa ficaram chateados com o argentino, pela sua transferência para a Vila, mas o camisa 10 do Peixe não espera uma recepção hostil da sua antiga torcida, em Belo Horizonte.

“Não sei por qual razão a recepção seria ruim. Sou profissional. Acho que (a saída) foi em um momento justo. Eu sempre respeitei o Cruzeiro, gosto do pessoal de lá, dos meus companheiros que estão jogando lá. Deixei muitos amigos em Belo Horizonte. Quando joguei pelo Cruzeiro, sempre tentei fazer o meu melhor, só que têm pessoas de lá que ficaram falando coisas que não estavam certas e a torcida acabou ‘comprando’ isso. Quando faltam com respeito a mim e a minha família, fico bravo. Fico chateado com essas coisas”, disse Montillo.

Já sobre a sua fase no time praiano, o meia admitiu que tem subido de produção e espera continuar ajudando a equipe santista, dentro de campo. “Estou melhorando a cada dia, mas não gosto de falar de mim. O grupo todo está trabalhando muito bem, se entrosando e as coisas estão começando a acontecer, futebol é dinâmico. O importante é buscar o melhor para o time no campeonato. Temos que fazer um bom jogo fora de casa, para conseguir os três pontos”, analisou.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X SANTOS

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Arbitro: Paulo Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Nilton, Souza, Ricardo Goulart e Martinuccio (Lucca); Luan e Vinicius Araújo.
Técnico: Marcelo Oliveira

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Mena; Alison (Leandrinho), Arouca, Cícero e Montillo; Neílton e Giva.
Técnico: Claudinei Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade