Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Daniel Alves receita paciência de Messi a Neymar: "Tem que esperar"

Barcelona (Espanha)

Durante treinamentos, coletiva de imprensas e jogos, fica claro que Daniel Alves vem sendo um mentor de Neymar no Barcelona. Em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, o lateral-direito confirmou ser conselheiro do compatriota ao receitar a paciência que Messi teve em 2004.

Há nove anos, as coisas eram bem diferentes: Ronaldinho Gaúcho mandava no Barça e era o melhor jogador do mundo, enquanto Messi ainda era pouquíssimo conhecido. “Sempre uso esse exemplo. O Leo (Messi) soube esperar o seu momento. Na vida, tem que esperar”, explicou Dani Alves.

Na sua primeira coletiva de imprensa no clube catalão, Neymar afirmou que deseja ajudar Messi, o maior da Terra. A frase não soou bem para alguns, diferentemente do que aconteceu com Dani Alves. “As pessoas se preocupam com o que não devem se preocupar. Ele foi humilde, como todos aqui”.

Reprodução/Instagram
Daniel Alves e Neymar vêm sendo inseparáveis no Barcelona
Esta característica, aliás, seria uma das principais responsáveis por tornar os culés “anormais”. “Aqui tem gente que ganhou tudo. E é graças a o que eles são, de onde vêm, de como são formados... Eles são muito grandes, um exemplo pra mim”, exaltou o atleta baiano, já com 30 anos de idade.

Dani Alves também comentou sobre o técnico “Tata” Martino, outro que está no Camp Nou há pouco tempo. De acordo com o ala, o elenco já está se adaptando à filosofia do treinador. “Se conseguirmos assimilar tudo o que ele pede, garanto que esta será uma temporada linda”, receitou.

O brasileiro ainda descartou que fica menos ofensivo com “Tata” Martino, pergunta feita pela publicação. “Não me afeta. Ganhamos outros conceitos que são válidos, mas sem perder os que já tínhamos. Simplesmente agregamos novas estratégias para melhorar e ser mais fortes”, finalizou.

E a estreia do Barça no Campeonato Espanhol se aproxima: será neste sábado, contra o Levante, em casa. Durante esta pré-temporada europeia, os culés venceram quatro amistosos, empataram um e perderam outro – para o Bayern de Munique, novamente, na Allianz Arena.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade