Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Douglas supera mágoa com Mano e elogia ex-chefe em reencontro

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O meia Douglas reencontrará neste domingo um dos treinadores mais importantes de sua carreira: Mano Menezes. Em crescimento novamente no Corinthians, o armador terá a oportunidade de enfrentar o técnico que o bancou no Timão, mas o comandante também ficou marcado por uma grande decepção do atleta na Seleção Brasileira.

Conhecido de Mano pela trajetória no Alvinegro, Douglas foi convocado pelo técnico para o amistoso contra a Argentina, em novembro de 2010. Porém, o que era para ser sua grande chance se transformou em frustração, já que o armador perdeu a bola no meio-campo e viu Lionel Messi marcar o gol da vitória rival por 1 a 0.

Inconformado com o lance, Mano reclamou bastante do jogador ainda durante o jogo. A situação fez Douglas ficar triste com o técnico que o havia ajudado na época de Corinthians.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Douglas deixou de almejar uma vaga na Seleção depois de ter se decepcionado em amistoso contra Argentina
“Óbvio que fiquei chateado, pela forma como aconteceu. Mas passou também, já esqueci isso e não penso mais em Seleção Brasileira. Estou com a cabeça voltada para o Corinthians e meu respeito pelo Mano é o mesmo. É excelente como treinador e pessoa. Não vai mudar nada”, afirmou.

A derrota no amistoso contra a Argentina fez Douglas abandonar qualquer pretensão de Seleção Brasileira. No ano passado, o meia anunciou que recusará um eventual convite para voltar a defender seu País.

“Aquele lance marcou muito para mim, pois levei um azar danado ainda de a bola ter caído nos pés do Messi. No momento, fiquei chateado e passei a noite em claro, mas já superei, estou tranquilo e vamos seguir em frente”, acrescentou.

Apesar da decepção pela Seleção, o jogador guarda na memória o que teve de bom ao lado de Mano Menezes. “Ele é um grande treinador e eu o respeito muito, pois me ajudou bastante no Corinthians”, declarou.

Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Pacaembu, Douglas defenderá o Corinthians no reencontro com Mano, que dirige o Flamengo, seu primeiro time desde que foi demitido da Seleção Brasileira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade