Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Egípcio mandatário do Hull City quer que time se chame Tigers

Kingston upon Hull (Inglaterra)

O Hull City, equipe que acaba de voltar à elite do futebol inglês pode mudar de nome dentro em breve. Assem Allam, egípcio proprietário do clube desde 2010 acredita que o nome é muito comum e tem a intenção de muda-lo para Hull Tigers.

“Não gosto da palavra City porque é muito comum, tem muitos outros times com esse nome. Posso citar o Leicester, o Bristol, o Manchester. Não quero ser como todo mundo. Quero que o clube seja especial. É uma questão de identidade”, declarou em entrevista ao jornal Hull Daily Mail.

Os torcedores, em sua maioria, não aprovaram a novidade. Para eles, a única mudança que realmente importa é dentro de campo.

“Não somos um dos grandes clubes da Inglaterra, muito menos do mundo. Não vai ser diferente com uma mudança de nome, isto só mudaria com sucesso contínuo dentro de campo. Acredito que seja algo inútil", declarou o torcedor Rick Skelton.

Assem Allan comprou o Hull City quando a equipe já estava na segunda divisão e, após duas temporadas, o acesso veio. No próximo sábado, fora de casa, a equipe estreia na Premier League contra o Chelsea.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade