Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Erro na definição das jogadas incomoda atletas do Náutico em empate

Recife (PE)

Sem a bola na maior parte do jogo, o Náutico apostava nos contra-ataques para derrubar o Atlético-MG. Houve duas oportunidades no primeiro tempo, mas Maikon Leite e Tiago Real acabaram errando depois de tirar o goleiro Victor da jogada, e a partida terminou sem gols.

“Faltou fazer o gol. Não tomamos, mas também não fizemos. Em jogos contra times como o Atlético-MG, não vão ser muitas as oportunidades. Quando elas aparecem, temos que concluir. Não dá para comemorar esse empate, não”, disse o zagueiro William Alves.

Ricardo Berna concordou com ele. O goleiro, que só trabalhou em uma bola de maior dificuldade --- uma falta batida por Ronaldinho ---, queria maior eficiência na frente do outro guarda-metas na Arena Pernambuco. “Tínhamos a proposta de nos defender bem e conseguimos fazer isso. Tivemos chances, mas o gol também não saiu.”

Com o empate por 0 a 0, o Náutico seguiu na lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas oito pontos em 11 partidas. Mesmo assim, o técnico Zé Teodoro viu méritos no trabalho realizado por seus jogadores contra os campeões da Copa Libertadores da América.

“Eu acho que estamos crescendo. O grupo foi determinado e aplicado, só não produzimos muito. Em matéria de aplicação, foi nota dez. Tivemos um comportamento que devemos ter fora de casa também. Estudamos uma estratégia, e o adversário teve dificuldades. Não jogamos contra qualquer um”, disse o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade