Futebol/Bastidores - ( )

Fundamental no ataque, Carlinhos celebra a volta das vitórias no Flu

Rio de Janeiro (RJ)

Depois de um primeiro semestre ruim com a camisa do Fluminense, Carlinhos voltou a viver um bom momento nas Laranjeiras. Nesta quarta-feira, o jogador foi um dos melhores da equipe carioca na vitória sobre o Goiás, por 1 a 0, no Estádio do Maracanã, pelas oitavas da Copa do Brasil. Experiente, o jogador já viveu momentos distintos no Tricolor e não deixou de celebrar a volta da boa fase.

“Tem que ser assim, até voltar ao que era. Não tínhamos duas vitórias consecutivas há muito tempo e conseguimos hoje. Tem que continuar com raça, pois é apenas ganhando que se tem confiança. O importante é que os resultados estão vindos, porque, antes, nossa equipe só perdia ou empatava”, destacou Carlinhos.

Campeão brasileiro em 2012, o Fluminense não começou bem a temporada, perdeu o Campeonato Carioca para o Botafogo e foi eliminado pelo Olimpia nas quartas de final da Libertadores. No Campeonato Brasileiro, a situação também não era boa, e a sequência de resultados ruins culminou na demissão do treinador Abel Braga.

Carlinhos sofreu com o fraco desempenho em campo, deixou de ter atuações de destaque e logo também ouviu as críticas do torcedor. Agora, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o lateral parece ter reencontrado a boa fase, sendo fundamental nesta quarta-feira para a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, pela Copa do Brasil.

Questionado sobre a atuação do lateral, Luxemburgo ressaltou o poder ofensivo do jogador, apesar de mostrar preocupação com a marcação. “O esquema deu liberdade para o Carlinhos jogar. Eu falei para ele não adiantar muito, chegar de trás e ter espaço para correr, pois quando vinha de trás era bem melhor”, analisou Luxemburgo.

Em uma dessas jogadas em que apareceu como ‘homem surpresa’ do Fluminense, Carlinhos iniciou o lance que originou o gol de Samuel, que aproveitou a disputa de Fred dentro da área e só teve o trabalho de empurrar para as redes. O jogo da volta será na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Serra Dourada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade