Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Goleiro Roberto culpa primeiro tempo apático por derrota para Goiás

Campinas (SP)

O goleiro Roberto sabe muito bem que a Ponte Preta foi inferior ao Goiás, pelo menos durante o primeiro tempo do jogo da tarde deste domingo, no Moisés Lucarelli. Após a derrota por 1 a 0, válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogador confirmou a culpa a ele e aos seus colegas.

“No segundo tempo quase não teve nada. A nossa apatia no primeiro tempo nos prejudicou. Não deu tudo errado. O nosso primeiro tempo não foi legal. Em um jogo desse, decisivo, não dá pra ser assim”, explicou o arqueiro, vazado pelo atacante Walter aos 17 minutos da etapa inicial.

Enquanto o time alvinegro tentava passar pela forte marcação adversária, Roberto sofria. “Me senti impotente. Fiquei esperando uma falta pra tentar fazer algo. O cara que fica atrás sofre calado. Infelizmente não deu”, lamentou na saída de campo, com uma voz muito abatida.

O abatimento, talvez, seja pelo revés dentro de casa, e também pela estagnação da Macaca na Série A. O time se manteve próximo da zona de rebaixamento, mas poderá se recuperar no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), quando receberá o Cruzeiro, um dos líderes.

Antes, os comandados do técnico Paulo César Carpegiani estrearão na Copa Sul-Americana. O adversário será o Criciúma, no Heriberto Hülse, no interior de Santa Catarina. A equipe de Campinas foi eliminada da Copa do Brasil, depois de derrotas para o modesto Nacional-AM.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade