Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Hospital revela estado grave e infecção sistêmica em Gilmar

São Paulo (SP)

Na noite da última sexta-feira, a reportagem da GE.net confirmou que o bicampeão do mundo Gilmar dos Santos Neves estava internado na capital paulista após sofrer um infarto. No início da tarde deste sábado, o Hospital Sírio-Libanês divulgou um boletim médico para explicar a situação do ex-goleiro da Seleção Brasileira.

Batizado como Gylmar, o ídolo de Corinthians e Santos já enfrentava complicações geradas por um acidente vascular cerebral (AVC) em 2000 e, além do infarto, sofreu uma infecção urinária. O caso do ex-jogador é considerado grava pelos médicos, chefiados pelos doutores Rogério Tuma e Edson Stefanini.

Acervo/Gazeta Press
Gilmar durante seus treinamentos na Vila Belmiro, estádio em que atuou de 1962 a 1969
Gilmar nasceu em Santos e começou a carreira no Jabaquara. No velho “Jabuca” foi envolvido em troca com o Corinthians, onde conquistou três estaduais e um Torneio Rio-São Paulo. Em 1962 foi para o Santos, time em que faturou duas Libertadores, dois Mundiais de Clubes e cinco taças do Campeonato Brasileiro. Pela Seleção disputou as Copas do Mundo de 1958, 1962 (campeão em ambas) e 1966.

Confira o boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês:

O Sr. Gylmar dos Santos Neves está internado no Hospital Sírio-Libanês (HSL), em São Paulo, desde o último dia 08/08, devido a infecção urinária e infarto agudo do miocárdio.

Gylmar já apresentava sequela de acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca.

O paciente permanece internado em estado grave, tendo como complicação infecção sistêmica.

Gylmar dos Santos Neves está sendo atendido pelas equipes dos Drs Rogério Tuma e Edson Stefanini.

Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira
Diretor Técnico Médico

Dra Yana Novis
Diretora Clínica

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade