Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Inter busca empate duas vezes contra o Atlético-PR em Novo Hamburgo

Do correspondente Vicente Fonseca Novo Hamburgo (RS)

O Internacional não conseguiu vencer em sua primeira partida como mandante no Estádio do Vale nesta edição do Campeonato Brasileiro. Por duas vezes, o Atlético-PR tomou a frente do placar, mas o time de Dunga conseguiu o empate em ambas, ficando no 2 a 2, em partida válida pela 13ª rodada da competição nacional. João Paulo e Ederson fizeram os gols do Furacão, enquanto Juan e Otávio empataram para o Colorado.

O Atlético-PR surpreendeu e abriu o placar no Estádio do Vale logo no primeiro lance do jogo, com João Paulo, mas o Inter não demorou e respondeu aos 14, com Juan. A primeira etapa foi equilibrada. No segundo tempo, dois jogadores que saíram do banco de reservas marcaram: Ederson fez 2 a 1 para o Furacão, mas Otávio salvou o Inter da derrota com um gol aos 42 minutos.

O resultado deixa Internacional e Atlético-PR empatados na classificação do Brasileiro, com 20 pontos, na 5ª e 6ª colocações, respectivamente. Os dois times voltam a campo no meio da semana, fora de casa. O Inter visita o Botafogo, enquanto o Atlético-PR vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo.

O jogo – Logo no primeiro minuto de jogo, o Atlético-PR abriu o placar: Dellatorre, ex-Inter, fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Marcelo escorou e João Paulo mandou de fora da área para fazer 1 a 0, em chute rasteiro. O Furacão ainda chegou novamente com Dellatorre, aos nove, mas Muriel fez firme defesa no chute de fora da área.

A exemplo do time paranaense, o Inter abriu o placar justamente em seu primeiro ataque mais forte. Aos 14, D’Alessandro cobrou falta lateral direto no travessão e Juan apanhou a sobra livre e empatou o jogo. O Colorado quase virou a partir de outro argentino: Scocco, aos 18, mandou bomba da intermediária e Wéverton deu tapinha para salvar o Atlético-PR.

Aos 27, um lance curioso: D’Alessandro chocou-se com o árbitro Pablo dos Santos Alves no meio de campo e ambos foram ao chão. No minuto seguinte, Scocco fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Leandro Damião cabecear na trave. O Inter seguiu com mais de posse de bola, mas foi o Furacão quem levou perigo: aos 41, Léo cruzou e Everton ganhou por cima e cabeceou no canto, mas Muriel deu um tapinha e salvou o gol.

No segundo tempo, a primeira boa chegada foi do time visitante. Aos cinco minutos, Dellatorre cruzou para Marcelo, que chegou batendo de primeira e mandou por cima. O Inter respondeu na jogada seguinte: Scocco limpou dois marcadores, mas chutou mal e perdeu boa chance. O jogo transcorreu em equilíbrio, até que o Inter quase virou aos 26: Damião ajeitou de cabeça e Alex chegou batendo com perigo, raspando a trave.

Aos 29, o segundo do Furacão: Ederson, que entrara minutos antes no lugar de Dellatorre recebeu cruzamento de Marcelo e bateu no canto esquerdo de Muriel: 2 a 1. O Inter respondeu aos 32: Cláudio Winck fez boa jogada e finalizou da entrada da área, acertando a trave. Aos 34, o goleiro Wéverton fez duas grandes defesas em chegadas de Damião e Otávio.

Otávio se redimiria aos 42: após limpar a marcação, o meia colorado chutou e a bola desviou em Luiz Alberto e matou Wéverton: 2 a 2. O Inter tentou pressionar no fim, mas não obteve a virada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade