Futebol/Copa do Brasil - ( )

Luxa critica arbitragem, mas assume culpa por eliminação do Flu

Goiânia (GO)

Após a derrota por 2 a 0 para o Goiás que causou a eliminação do Fluminense na Copa do Brasil, Vanderlei Luxemburgo afirmou que a arbitragem prejudicou o time carioca. O técnico disparou contra Sérgio Correa, ex-presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que apitou nesta quarta-feira.

“A arbitragem foi determinante e trouxe prejuízo. No lance do primeiro gol, há quem diga que não existiu falta, mas, para mim, foi. Já, no do segundo, não há dúvida. O Sérgio é um inimigo meu e o Luiz Flávio é amigo dele. Gostaria que nem ele e nem o Paulo César apitassem meus jogos”, declarou.

Apesar de criticar a arbitragem, Luxemburgo assumiu a culpa pela queda na Copa do Brasil, tirando o peso das costas dos jovens Biro Biro, Igor Julião, Eduardo e Willian, escalados contra o Esmeraldino.

“Tínhamos a vantagem, mas não deu. Tentamos uma escalação mais leve apostando nos garotos, mas o Goiás tem um time bem armado e fez valer o fator casa. Não podemos culpar os meninos, a culpa é minha”, comentou.

Na próxima fase, o Goiás encara o vencedor do duelo entre Vasco e Nacional-AM. No jogo de ida, em Manaus, o cruz-maltino venceu por 2 a 0. As equipes voltam a se enfrentar na quinta-feira em São Januário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade