Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Mano vai esperar definição de médicos para escalar Flamengo

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A situação clínica de alguns jogadores vai definir o time do Flamengo para a partida contra o São Paulo, neste domingo, em Brasília (DF). Justamente por isso o técnico Mano Menezes dificilmente vai divulgar antecipadamente a formação que pretende usar.

O treinador, por exemplo, vai esperar um posicionamento dos médicos sobre a situação do lateral direito Leonardo Moura, que deixou o empate por 1 a 1 com o Goiás reclamando de dores na coxa direita. O resultado do exame de imagem que o jogador se submeteu sairá apenas nesta sexta-feira, mas ele não deve ir a campo. Como o único jogador do setor além de Moura é o jovem Digão, são grandes as chances de o volante Luiz Antonio ser improvisado no posto.

Outro jogador em situação parecida é o atacante Marcelo Moreno, que se recupera de uma lesão na coxa direita. O caso do boliviano é mais tranquilo, pois ele já está entregue à preparação física e só não atuou contra os goianos por opção do treinador, que comentou a situação nesta quinta-feira, no desembarque da delegação no Rio de Janeiro.

“É bem provável que o Marcelo Moreno esteja à disposição e possa jogar, mas ainda vou aguardar um pouco mais, pois temos que avaliar bem a situação para não corrermos riscos de forma desnecessária”, disse Mano.

Mas o treinador não tem apenas dúvidas médicas. O zagueiro Marcos González foi um dos desfalques do Flamengo contra o Goiás. A ausência, no entanto, pode custar caro, já que o estreante Chicão foi bem, mostrou segurança e ainda marcou o gol rubro-negro. O bom desempenho de Chicão fez com que Mano Menezes admitisse a possibilidade de mudar o time titular do Flamengo. O zagueiro trabalhou com o treinador no Corinthians, time pelo qual conquistou a confiança de seu comandante.

Todas as dúvidas sobre a escalação começarão a ser desfeitas nesta sexta-feira, quando Mano Menezes comandará na parte da tarde, no Ninho do Urubu, o primeiro treino com todo o elenco após o jogo contra o Goiás.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade