Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Marcelo Oliveira diz que esperava mais de Julio Baptista na estreia

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Marcelo Oliveira não gostou da estreia do armador Júlio Baptista com a camisa do Cruzeiro. O jogador entrou no segundo tempo do jogo contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, e foi discreto no tempo em que esteve em campo. O treinador afirma que esperava mais do jogador, mas entende que ele precisa de um pouco mais de tempo de adaptação.

“Eu esperava mais, porque é uma situação favorável. O time bem fechado, ele participando com o Borges do meio para frente. O futebol está em um ritmo alucinante, todo mundo corre muito e ele teve alguma dificuldade. Talvez pela adaptação, não só porque estava em pré-temporada e fez os treinamentos se preparando para a estreia. Me pareceu que faltou um pouco de ritmo”, analisou.

Mesmo sem estar 100%, Júlio Baptista queria estrear pelo Cruzeiro, e a vontade do jogador contagiou Marcelo Oliveira, que decidiu usar o atleta. Como a exibição não agradou, o armador cruzeirense terá que esperar um pouco mais para ser titular do Cruzeiro.

“O Julio Baptista estava com vontade imensa de participar, de jogar. Achei por bem colocá-lo, pois tinha uma função que não alteraria muito atrás. Dei a função de marcar para o Everton Ribeiro pelo lado direito e do Goulart fazer a função que era do Willian”, explicou Marcelo Oliveira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade