Futebol/Bastidpres - ( - Atualizado )

Na volta ao Bayern, Breno se diz “uma pessoa diferente” por prisão

Munique (Alemanha)

Breno compareceu nesta segunda-feira ao Bayern de Munique para iniciar seu trabalho como auxiliar técnico das categorias de base do clube. Ele ganhou no último sábado o direito de cumprir em regime semiaberto os dois anos e oito meses que ainda tem de pena, por ter colocado fogo na própria casa em setembro de 2011.

“Virei uma pessoa diferente. Aprendi muito na prisão. O período lá tem sido duro para mim e estou feliz por ter recebido esta chance do Bayern”, disse em entrevista coletiva concedida na sede do clube, ao lado do presidente Uli Hoeness. “Fizemos todo o possível para dar ao Breno esta oportunidade", completou o dirigente.

“Minha esposa e meus filhos me ajudaram o tempo todo. Também tenho pensado muito em Deus. Sem Ele, não existe muita coisa”, afirmou o agora auxiliar técnico. No regime semiaberto, Breno tem permissão para deixar a prisão de Stadelheim às 8h30 do horário local, mas não pode retornar depois das 13h30.

No final do ano passado, o São Paulo, clube em que o jogador surgiu, assinou um vínculo com duração de três temporadas com ele. O objetivo, segundo a diretoria tricolor, era auxiliar a família do atleta, que passava por dificuldades financeiras.

“Nós temos que agradecer às autoridades pela cooperação. O Breno será deportado depois de se entender com a Justiça e vai tentar jogar no Brasil”, afirmou Hoeness. A expectativa do advogado do atleta é que ele esteja possa deixar a Alemanha em janeiro de 2014.

AFP
No banco do passageiro, Breno chega nesta segunda-feira ao Bayern de Munique (foto: Peter Knefeel)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade