Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

No Castelão vazio, Ceará vence Guará e se afasta da zona da degola

Fortaleza (CE)

O Castelão, mais uma vez, estava vazio. Com uma campanha bastante irregular, o Ceará ainda não conseguiu atrair seu torcedor nesta Série B do Campeonato Brasileiro, e o jogo desta terça-feira era importante para projetar as próximas rodadas da equipe alvinegra. Diante do Guaratinguetá, que tinha a mesma pontuação no início da rodada, o Vozão conseguiu se impor, dominou a partida e venceu por 2 a 0, resultado que afastou a equipe cearense da zona de rebaixamento.

Melhor desde o início de jogo, o Ceará conseguiu balançar as redes apenas no segundo tempo. Aos oito, Lulinha aproveitou a sobra dentro da área e marcou o primeiro. Mais tarde, o experiente Magno Alves mostrou ‘faro’ de gol e ampliou a vantagem, confirmando a vitória alvinegra.

Com o triunfo diante de sua torcida, o Ceará consegue se afastar da zona de rebaixamento, chega aos 21 pontos e assume a 12ª colocação. O Guaratinguetá, no entanto, segue ameaçado e, com 18, pode voltar à degola com o complemento da rodada que termina apenas no sábado.

As duas equipes voltam a entrar em campo apenas no dia 31 de agosto, pela 18ª rodada da competição nacional. Às 16h20 (de Brasília), o Guaratinguetá faz mais um jogo fora de casa, diante do Paraná, no Estádio Durival Britto. O Ceará, por sua vez, atua no Castelão novamente, diante do líder Palmeiras, às 21 horas.

Arte GE.Net
O jogo - Na tentativa de se distanciar da zona de rebaixamento, o Ceará tinha pela frente o Guaratinguetá, que também tinha a mesma pontuação do Vozão na competição. Ciente da importância da vitória em casa, a equipe alvinegra passou a pressionar o visitante desde os minutos iniciais, mas não conseguiu balançar as redes.

No Castelão mais uma vez com um pequeno público, deixando grande parte das cadeiras do reformado estádio vazia, o Ceará teve sua primeira chance de marcar aos 20 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Lulinha arriscou de longe, colocou a bola no ângulo, mas o goleiro Saulo fez excelente defesa.

A pressão continuou e, em duas ocasiões, o atacante Léo Gamalho teve a chance de colocar o Vozão na frente. Aos 29, o jogador do Ceará recebeu livre na pequena área, deslocou o goleiro, mas errou o alvo, mandando pela linha de fundo. Quatro minutos mais tarde, pegou mal na bola e o arqueiro Saulo nem teve esforço.

Os 45 minutos iniciais animaram o pequeno público presente. O Ceará tinha o domínio do jogo, mas ainda assim não conseguia balançar as redes. A recompensa pela postura ofensiva, no entanto, veio logo no início da etapa complementar.

Em uma cobrança de falta para o meio da área, aos oito minutos do segundo tempo, a zaga do Guaratinguetá não conseguiu afastar bem, a bola sobrou para Lulinha e o atacante mostrou categoria. O ex-jogador do Corinthians girou sobre o zagueiro, bateu forte e não deu chances de defesa ao goleiro Saulo.

A desvantagem fez com que a equipe do Vale do Paraíba saísse para o campo de ataque, mas o Guaratinguetá não mostrou qualidade para definir e balançar as redes. Pelo contrário, em mais uma boa jogada do setor ofensivo, o Ceará conseguiu ampliar o marcador e deixar mais uma vitória encaminhada nesta Série B.

O experiente Magno Alves mostrou o motivo pelo qual é ídolo da torcida cearense e permanece na equipe titular mesmo com 27 anos. O atacante recebeu na entrada da área aos 26 minutos, acertou um belo chute e o goleiro Saulo mais uma vez ficou sem reação. Era o segundo do Vozão, que definia a partida no vazio Estádio Castelão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade