Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Palmeirenses provocam Barcos por convocação de Henrique

São Paulo (SP)

Ainda ressentidos com a venda do centroavante Hernán Barcos ao Grêmio, em fevereiro deste ano, os torcedores do Palmeiras seguem provocando o atleta argentino. Nesta quarta-feira, após o zagueiro Henrique ser convocado por Luiz Felipe Scolari para amistoso da Seleção Brasileira, a torcida alviverde entrou no site tamoxunto.com.br e não desperdiçou oportunidade de zombar do atacante.

“O que acharam da convocação do capitão Henrique? E você, Hernán Barcos, o que achou da nossa visibilidade ? TamoXunto”, escreveu o internauta Futebol Palestrino. “Você pagou com traição. a quem sempre te deu a mão”, brincou o internauta Marquinhos, relembrando a música “Vou Festejar”, do compositor Nelson Cavaco.

Autor de 29 gols pelo Palmeiras na última temporada, Barcos ficou insatisfeito com a queda do clube alviverde para o Campeonato Brasileiro da Série B e pediu para ser negociado no início deste ano. Temendo ser preterido pelo treinador da seleção de seu país, Alejandro Sabella, o atleta argentino acertou transferência para o Grêmio. Entretanto, a última convocação ocorreu há 272 dias.

Antes de ser contratado pelo Palmeiras no início do último ano, em negociação com a LDU, Barcos chegou a ser cogitado para atuar pelo Equador. No entanto, o bom desempenho pelo time alviverde chamou atenção de Sabella, que o escalou em quatro oportunidades (duas como titular e duas como reserva). Durante os 156 minutos que esteve em campo, o centroavante não marcou nenhum gol.

O Palmeiras, por sua vez, continuou em alta no cenário sul-americano mesmo com a participação na segunda divisão nacional. Desde o início desta temporada, quatro atletas do clube alviverde foram convocados por alguma seleção: Henrique (Brasil), Leandro (Brasil), Sebastián Eguren (Uruguai) e Valdivia (Chile). O atacante, inclusive, marcou um gol na vitória por 4 a 0 sobre a Bolívia, em partida amistosa, em 6 de abril de abril de 2013.

Reprodução
Palmeirenses entraram em site para provocar Hernán Barcos por ausência na seleção argentina

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade