Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Paulo Comelli lamenta falhas do América-MG contra o Ceará

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG não fez uma partida ruim contra o Ceará, mas o rendimento da equipe não foi igual ao apresentado contra o Sport, quando o Coelho goleou os pernambucanos por 5 a 0. O empate em 2 a 2 ante os cearenses impediu o Coelho de chegar ao G4 da Série B do Brasileiro. O técnico Paulo Comelli afirma que faltou capricho na hora de concluir as jogadas e atenção no setor defensivo.

“Esperávamos um jogo difícil, pela qualidade do adversário. Mas não poderíamos perder as oportunidades que perdemos e cometer os erros que cometemos na defesa. O Willians teve uma chance clara, na cara do goleiro, poderia ter feito 2 a 0 e finalizado o adversário. Ele deveria ter sido mais fominha, mas preferiu servir o Nikão”, lamentou Comelli, que completou.

“Logo depois, o Diego Ivo entrou sozinho no primeiro pau e cabeceou livre uma cobrança de escanteio. Isso não poderia ter acontecido. Trabalhamos muito essa jogada. Mostramos no vídeo, durante a concentração, e no lance o homem da marcação não subiu na jogada”, disse.

Na sequência da Série B, o América-MG fará dois jogos seguidos fora de casa. Paulo Comelli disse que vai acompanhar o jogo do Paysandu neste sábado, para depois armar sua equipe. Ele adiantou, no entanto, que pode fazer até duas mudanças no time. “Vamos buscar as vitórias fora. Nossa equipe tem bom retrospecto fora de casa. A Série B é uma competição difícil, mas não podemos nos distanciar do G4. Então, vamos avaliar e mudar para deixar o time mais ofensivo, colocando um volante que sai mais para o jogo”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade