Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Por novo passo na Copa do Brasil, Dorival quer Vasco mais preparado

Rio de Janeiro (RJ)

Depois de confirmar o favoritismo e eliminar o Nacional-AM nesta quinta-feira, vencendo por 2 a 1 em São Januário, Dorival Júnior já começou a projetar o confronto das quartas de final da Copa do Brasil. Na fase seguinte, o Vasco terá pela frente o Goiás, e o treinador cruz-maltino espera muitas dificuldades para conseguir avançar. Sendo assim, espera ver seu elenco ainda melhor preparado.

“Independente de quem tivesse passado, teríamos um adversário difícil, pois o afunilamento da competição proporciona isso. Tivemos a oportunidade de jogar lá dentro de Goiânia, foi difícil de jogar, com muito desgaste e não tenho duvidas que teremos dois grandes jogos. Espero que o Vasco esteja ainda melhor preparado para buscar um novo passo na competição”, analisou Dorival Júnior.

Nesta temporada, o Vasco já enfrentou o Goiás no estádio Serra Dourada, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Depois de estar vencendo até os minutos finais, o time de São Januário sofreu amargou o empate, deixando Dorival Júnior visivelmente irritado. Agora, pela Copa do Brasil, o Cruzmaltino sabe que o confronto fora de casa será mais uma vez importante, como foi diante do Nacional-AM.

Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama
Dorival Júnior sabe que não terá vida fácil no duelo diante do Goiás, na próxima fase da Copa do Brasil
Favorecido pelo sorteio, o Vasco ganhou o direito de decidir a classificação em São Januário, mas abriu uma larga vantagem no primeiro duelo, realizado em Manaus. Em um estádio acanhado, com um gramado irregular, o time comandado por Dorival Júnior venceu o Nacional-AM por 2 a 0 e teve tranquilidade para a partida no Rio de Janeiro.

Após mais uma vitória sobre o time amazonense, o elenco vascaína reconheceu a importância do primeiro triunfo. “Acho que o resultado importante foi lá. Aqui, a gente permitiu que eles fizessem o gol cedo e gostassem do jogo, e eles não tinham nada a perder. O importante é que não desistimos e conseguimos um resultado que dá moral para a próxima fase”, analisou o meia Pedro Ken.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade