Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Preocupado, Vadão lamenta derrota em jogo “com desenho de vitória”

Curitiba (PR)

O Criciúma nunca esteve tão perto de conseguir uma vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro 2013 como neste domingo, contra o Atlético-PR, na Vila Capanema. Após abrir 1 a 0 no primeiro tempo, o time catarinense teve chances para ampliar o marcador, mas acabou sofrendo a virada na etapa complementar, sendo novamente derrotado longe de seus domínios. Após o jogo, o técnico Vadão lamentou o reusltado.

“Saio chateado, porque não conseguimos nada. Nós não viemos aqui para empatar e sim para vencer. E estávamos caminhando muito bem para isso. Mas, depois de um jogo que estava desenhada uma vitória, acabamos com uma derrota. Isso é complicado”, afirmou.

Décimo sétimo colocado, o Criciúma tem apenas 14 pontos em 15 partidas no Brasileirão. Destes, apenas um foi somado longe do Heriberto Hulse: No empate por 1 a 1 com a Portuguesa, no Canindé, pela 10ª rodada. De resto, são seis derrotas em seis partidas fora de casa.

Para Vadão, a derrota deste domingo representa mais que outro tropeço longe de Santa Catarina. Ela acende um sinal de alerta para a continuidade no Campeonato Brasileiro. “Nós ficamos preocupados, porque temos que somar pontos e mais uma vez decepcionamos fora de casa. Podíamos vencer, e acamos perdendo novamente”, encerrou.

Na próxima rodada, o Criciúma encara outro time do Paraná. O adversário será o sexto colocado, Coritiba, sábado, às 21 horas (de Brasília), no Heriberto Hulse, em Santa Catarina. Antes disso, no entanto, o Tigre tem um compromisso pela Copa Sul-Americana: Enfrenta a Ponte Preta, quarta-feira, às 19h30, também dentro de casa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade