Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Pressionado, Kleina treina com Mendieta e Valdivia como titulares

William Correia São Paulo (SP)

A primeira reação de Gilson Kleina à pressão da eliminação na Copa do Brasil será apostar mais uma vez em Valdivia e optar por uma escalação mais ofensiva. No último treino antes do jogo deste sábado, contra o Ceará, o chileno trabalhou como titular ao lado de Mendieta em uma equipe com dois meias em vez de três volantes.

Na formação, outra novidade foi Tiago Alves. O zagueiro confirmou as expectativas e será o substituto de Vilson, que foi negociado com o Stuttgart, da Alemanha, por R$ 700 mil e nem apareceu na Academia de Futebol na manhã desta sexta-feira.

A escalação preparada por Kleina para atuar no Castelão às 21 horas (de Brasília) deste sábado tem: Fernando Prass; Luis Felipe, Tiago Alves, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley, Mendieta e Valdivia; Leandro e Alan Kardec.

Em relação aos titulares da péssima atuação na derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, que eliminou o clube da Copa do Brasil, Valdivia, aparentemente recuperado de edema na coxa direita, volta após cinco jogos no lugar de Charles. O volante, um dos piores em campo na partida em Curitiba, está suspenso nesta rodada da Série B do Brasileiro por ter recebido três cartões amarelos.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Meias estrangeiros atuarão em time teoricamente mais ofensivo no primeiro jogo após a eliminação no Paraná
Apesar de a formação aparentar ser mais ofensiva, a movimentação não foi muito diferente da exibida nos últimos compromissos. No treino tático, sem adversário, Mendieta atuou como um terceiro volante, auxiliando na saída de bola com Wesley e deixando Valdivia solto para ser o personagem criativo da equipe.

Os atacantes Ananias, com lesão na coxa esquerda, e Vinicius, que recebeu pancada no tornozelo direito, que não enfrentaram o Furacão na quarta-feira, nem treinaram, enquanto o volante Marcelo Oliveira, em recuperação de fisgada na panturrilha direita, só deu voltas no gramado.

O Palmeiras lidera a Série B do Brasileiro com quatro pontos e uma partida a mais em relação à Chapecoense, segunda colocada da competição. O time de Gilson Kleina, entretanto, perdeu seus dois últimos jogos, um deles pela segunda divisão nacional.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade