Futebol/Campeonato Francês - ( - Atualizado )

PSG sofre e ouve vaias, mas vence Guingamp com gols nos acréscimos

Paris (França)

O Guingamp tentou surpreender o PSG no Parque dos Príncipes na tarde deste sábado, mas não conseguiu. Com dois gols nos acréscimos do segundo tempo – um deles de Ibrahimovic –, o time de Paris, que chegou a ser vaiado pela torcida, venceu por 2 a 0 e pulou para a vice-liderança do Francês.

Querendo a primeira vitória em casa, a equipe de Alex, Thiago Silva, Maxwell e Lucas pressionou durante todo o jogo, mas não conseguiu penetrar numa forte defesa adversária. Com isto, Edison Cavani foi acionado pelas bolas aéreas, mas pecou nas finalizações e viu o goleiro Samassa brilhar.

Vendo a ineficiência de sua linha de frente, o técnico Laurent Blanc resolveu apostar em Lucas na etapa complementar, e Lavezzi acabou deixando o campo. O time ganhou velocidade, mas continuou com os mesmos erros e pensou que mais um tropeço na competição nacional era iminente.

AFP
Rabiot (à direita) marcou gol aos 46 e evitou tropeço do PSG em casa (foto: Miguel Medina)
No entanto, quando o relógio marcava 46 minutos, o meia Adrien Rabiot se aproveitou de rebote de Samassa e abriu o placar, tirando o peso das costas de (quase) todos que estavam no Parque dos Príncipes. Dois minutos depois, Ibrahimovic recebeu lançamento, driblou o arqueiro e definiu o resultado.

Após a sofrida vitória, o PSG alcançou o grupo dos três primeiros do torneio, entrando na zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões da Europa, mas depende do complemento desta quarta rodada para comemorar. No sábado, os parisienses visitarão o Bordeaux.

Do outro lado, incrédulo com o ponto que deixou escapar nos acréscimos, o Guingamp, atual vice-campeão da segunda divisão, poderá se aproximar da zona de rebaixamento. Também no sábado, o time do noroeste francês receberá o Bastia, no Stade du Roudourou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade