Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Renato aplaude jogadores no vestiário após classificação do Grêmio

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Renato Gaúcho é bom de conversa, mas não falou nada aos jogadores do Grêmio após a vitória por 2 a 0 sobre o Santos, que classificou o Tricolor às quartas de final da Copa do Brasil. Em vez de palavras, o treinador gremista simplesmente aplaudiu os atletas, que conquistaram o resultado no finzinho do jogo, através de um gol do zagueiro Werley.

“Os jogadores estão fechados entre eles. Eu pedi que eles acreditassem. Quando cheguei, o grupo tinha problemas, mas conseguimos resolver no curto prazo, e isso é muito difícil. Quando eu cheguei agora no vestiário, após o jogo, não disse nada a eles. Só aplaudi. Um gesto, às vezes, vale mais do que mil palavras”, filosofou o comandante gremista.

Ao mesmo tempo em que nota uma evolução no grupo (Renato confessou que suas preleções são cada vez mais curtas), o técnico do Grêmio faz questão de manter os pés no chão e conter a euforia.

“Era importante a classificação, mas nós não ganhamos nada. Hoje, vamos curtir essa classificação, mas depois é seguir trabalhando. O nosso caminho é o mais difícil, mas ainda não dá para pensar no Corinthians, pois a prioridade agora é a Ponte Preta”, afirmou Renato, projetando o jogo de sábado, pelo Brasileiro.

O treinador obteve nesta quarta-feira a quinta vitória pelo Grêmio nos últimos seis jogos. Nesta quinta-feira, a equipe se reapresenta para iniciar os trabalhos para o confronto do próximo final de semana. No Brasileiro, o Tricolor é terceiro colocado, com 28 pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade