Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

‘Sombra’ de Ronaldinho, Elicarlos celebra função: “É uma honra”

Recife (PE)

Responsável por anular o meia Ronaldinho Gaúcho no empate sem gols entre Náutico e Atlético-MG, neste sábado, na Arena Pernambuco, o volante Elicarlos desempenho bem sua função e chegou a irritar o ídolo da torcida do Galo por causa da marcação acirrada. Após o confronto, no entanto, o capitão do Timbu não escondeu a admiração que tem pelo adversário e a satisfação por ter cumprido o seu papel em campo.

“Para mim é uma honra marcar Ronaldinho Gaúcho. Foi um duelo bom, bem disputado. Sou fã dele, ainda mais que é um cara humilde dentro de campo, que conquistou tudo na carreira. Espero ter outras oportunidades de marcar jogadores assim de alto nível”, afirmou Elicarlos.

Divulgação
O capitão do Timbu não escondeu a admiração que tem pelo adversário deste sábado (crédito: Simone Vilar)
O sistema defensivo do Timbu foi bem e conseguiu parar o ataque campeão da Libertadores da América. Os jogadores de ataque, no entanto não contribuíram para um resultado melhor. Na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Náutico teve a chance de conquistar sua terceira vitória na competição, mas não aproveitou oportunidades claras de balançar as redes.

“A gente precisou ter mais tranquilidade na finalização, pois, tivemos chance de matar na bola de Maikon e na de Tiago Real. Nossa equipe demonstrou um bom poder de marcação lá atrás. Precisamos ter equilíbrio também lá na frente e na postura. Não podemos repetir jogos como foi contra o Goiás e precisamos pontuar para sair dessa situação”, analisou o volante e capitão Elicarlos.

Com dois jogos a menos do que os rivais, contra São Paulo e Santos, o Náutico pode sair da incômoda zona de rebaixamento apenas com as partidas adiadas, mas prefere não depender destes resultados para se recuperar. Na próxima rodada, o Timbu viaja a Santa Catarina e encara o Criciúma, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade