Futebol/Copa do Brasil - ( )

Únicas opções de banco, garotos são avisados por Tite: "Preparem-se"

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O Corinthians necessita de uma vitória por dois gols para eliminar o Luverdense, nesta quarta-feira, nas oitavas de final da Copa Libertadores. Triunfo por 1 a 0 força uma disputa por pênaltis e um gol sofrido pela equipe do Parque São Jorge a obriga balançar a rede ao menos três vezes para sobreviver.

Cheio de desfalques, Tite tem apenas garotos como opções ofensivas no banco de reservas. Se precisar dar velocidade ao time ou mudar a cara do jogo com novos homens de frente, ver-se-á obrigado a apostar em Léo, de 18 anos, ou em Paulo Victor, de 20. Ambos subiram para o elenco profissional neste ano.

No último domingo, contra o Vasco, o treinador preferiu adiantar Edenílson a colocar um dos garotos, mas sua preocupação era mais defensiva do que ofensiva. Ele já avisou os dois jovens jogadores que eles devem estar prontos para entrar na fogueira no Pacaembu.

Divulgação/Agência Corinthians
Paulo Victor e Léo são as únicas opções ofensivas de Tite contra o Luverdense (foto: Daniel Augusto Jr.)
“Chamei os dois meninos, falei que a oportunidade não avisa quando chega. ‘Preparem-se. Se precisar, vocês vão entrar’, disse a eles. Expliquei a função, aberto por um dos lados, para que não sejam surpreendidos na hora. Precisando de velocidade, de um jogador de lado, vou colocar, sim”, contou Tite.

Paulo Victor é apontado faz tempo como grande promessa das categorias de base do Corinthians, mas foi Léo que chamou mais atenção na última Copa São Paulo. Ele já foi titular, com 16 anos, da equipe campeã da Copinha em 2012 e passou a ser observado com atenção pelo treinador dos profissionais alvinegros.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade