Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Vilão esmeraldino, Walter lamenta revés: “Não era a noite do Goiás”

Rio de Janeiro (RJ)

Artilheiro do Goiás no Campeonato Brasileiro, Walter viveu uma noite de ‘vilão’ nesta quarta-feira, no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O atacante teve e chance de empatar o duelo diante do Fluminense em uma cobrança de pênalti, mas cobrou mal e Diego Cavalieri fez a defesa. Na saída de campo, o jogador no fugiu da responsabilidade e assumiu o erro.

“Fico triste por ter errado o pênalti. Teve um lance de cabeça que também não fiz o gol. Hoje não era a noite do Goiás e nem do Walter”, lamentou o goleador esmeraldino, relembrando os lances capitais da derrota para o Fluminense nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Com um ótimo desempenho no Campeonato Brasileiro, Walter despertou a atenção dos marcadores do Fluminense, que fizeram uma marcação especial no jogador do Goiás. Ao longo do jogo, a preocupação excessiva logo foi explicada: as principais jogadas de perigo da equipe visitante passavam pelos pés do jogador.

O lance decisivo aconteceu aos cinco minutos do segundo tempo, quando o Goiás era melhor no jogo e ocupava o campo de ataque. Walter preferiu usar a força, não deslocou Diego Cavalieri, bateu no meio do gol, e viu o goleiro tricolor fazer a defesa. Ainda na etapa complementar, o atacante tentou empatar, mas não teve êxito.

A chance de Walter se redimir será na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Serra Dourada, quando as duas equipes voltam a se enfrentar pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Após o revés, o Goiás precisa de uma vitória por dois gols de diferença diante de sua torcida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade