Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Absolvido por colegas, Seedorf pede desculpas por pênalti perdido

Rio de Janeiro (RJ)

O jogo ainda estava 1 a 0 para o Cruzeiro, e o Botafogo tinha a chance de chegar a igualdade logo no início do segundo tempo. O Glorioso tinha um pênalti a seu favor e Seedorf estava na bola. O meia holandês, no entanto, decepcionou, pegou muito mal na bola e mandou para fora. Na sequência, o time celeste ampliou a vantagem e encaminhou o triunfo. Na saída do campo, o jogador botafoguense lamentou o lance capital.

“Não tem nada perdido. Acho que a maneira que a gente jogou foi importante, mas não conseguimos transformar nossas jogadas em gols. O meu pênalti também foi um momento importante do jogo. Peço desculpas para a equipe por perder em um momento importante assim”, afirmou o holandês Seedorf, chateado com o erro no jogo.

Os companheiros do meia holandês, no entanto, fizeram questão de aplaudir o jogador, e, com a confirmação da derrota, também eximiram Seedorf de qualquer culpa pela derrota. O treinador Oswaldo de Oliveira seguiu na mesma linha, lembrou de outros pênaltis perdidos e não colocou a responsabilidade nas costas do ídolo.

“Eu não acredito nisso (culpa pela derrota). Ele já perdeu outros pênaltis, até na final do carioca contra o Fluminense. Todo mundo perde pênalti. Agora, era importante que ele fizesse, é claro, mas não é o culpado pela derrota”, analisou Oswaldo de Oliveira após a derrota desta quarta-feira no Estádio do Mineirão.

Com o revés, o Botafogo perdeu a chance de encostar no líder Cruzeiro e ainda viu o time mineiro abrir uma boa vantagem no topo do Campeonato Brasileiro. Após 22 rodadas, o time celeste tem sete pontos a mais do que o Glorioso e ficou ainda mais perto do título.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade