Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Apesar da vitória, jogadores condenam cochilo do Grêmio contra Lusa

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O Grêmio venceu, mas aprendeu lições na noite deste sábado, na Arena. A equipe vencia a Portuguesa por 2 a 0, com tranquilidade, mas cedeu o empate aos 31 minutos do segundo tempo. Embora tenha tido forças para buscar o 3 a 2, o time do técnico Renato Gaúcho saiu consciente de que a falta atenção poderia ter custado dois pontos preciosos na tabela do Brasileirão.

“A vitória veio, mas poderia ter sido mais fácil. Erramos em dois lances de marcação, especialmente no escanteio, mas são coisas normais do jogo. Não podemos perder a concentração. Temos que ter mais cuidado, não dá para ser sempre assim”, afirmou o atacante Kleber, principal destaque do jogo ao marcar um gol e dar o passe para Zé Roberto fazer outro.

E foi justamente Zé Roberto o outro a alertar para o cochilo dado pelo Grêmio após abrir a vantagem de 2 a 0: “a gente costuma dizer que não tem jogo fácil, ainda mais contra time que está na zona de rebaixamento. Acabamos falhando em aspectos que não costumávamos, foi por falta de atenção. O positivo é que, mesmo diante dessas adversidades, a gente conseguiu se superar e chegar à vitória”.

O resultado levou o Grêmio à vice-liderança do Brasileirão, com 34 pontos, três a menos que o líder Cruzeiro. Neste domingo, o Tricolor pode cair para a 4ª colocação se Atlético-PR e Botafogo vencerem seus jogos. O próximo compromisso da equipe de Renato Gaúcho é contra o Náutico, quarta, na Arena Pernambuco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade