Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após derrota, santistas apontam maior eficiência do Botafogo

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A derrota para o Botafogo, por 2 a 1, na noite deste domingo, na Vila Belmiro, deixou os jogadores do Santos desapontados com o resultado. Para o zagueiro Edu Dracena e o meia Cícero, o Glorioso foi mais eficiente do que o Peixe e, por esta razão, deixou a Baixada Santista com mais três pontos no Campeonato Brasileiro.

“Futebol não tem justiça, tem competência. Mas a gente tem que analisar o contexto. Criamos várias chances, só que não conseguimos concluir. Claro que dói bastante, porque estávamos há mais de um ano sem perder em casa, mas temos que levar as coisas boas desta partida”, analisou o capitão praiano, que retornou contra os botafoguenses após cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo na derrota para o Flamengo.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Capitão Edu Dracena tenta o desarme em cima do volante Renato, que já defendeu o Santos
Já o meia Cícero foi mais crítico em relação ao desempenho do Santos. Para o meio-campista, autor do gol do Peixe no duelo, o time não conseguiu criar tantas oportunidades no segundo tempo, como havia feito na etapa inicial.

“Jogamos bem no primeiro tempo, mas saímos atrás do placar. No segundo tempo, acho que nos faltou qualidade para criar as chances e fazer os gols. Quando você está perdendo, precisa chegar mais ao gol adversário. Infelizmente, não conseguimos fazer isso”, destacou Cícero.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade