Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Após duelos na Copa do Brasil, Grêmio e Santos se reencontram na Arena

Dos correspondentes Rodrigo Martins e Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Três semanas depois de se enfrentarem em uma partida dura pelas oitavas de final da Copa do Brasil, Grêmio e Santos voltam a se encontrar, nesta quarta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio. O confronto, válido pela 22ª rodada do Brasileirão, reúne, de um lado, o Tricolor Gaúcho lutando para diminuir a diferença até os líderes, e o Peixe na busca por se aproximar do G-4.

O fim de semana foi duro para o Grêmio. No domingo, em pleno aniversário de 110 anos de fundação do clube, o Atlético-MG deu um presente de grego ao time gaúcho, ganhando por 1 a 0 em plena Arena. O resultado aumentou a distância gremista até o líder Cruzeiro de seis para nove pontos. O Botafogo, vice-líder, já está cinco à frente. Enquanto isso, o Inter, 5º colocado, já está apenas três pontinhos atrás.

Ainda assim, ninguém no Tricolor Gaúcho se desesperou com o mau resultado contra o Galo: “O Grêmio tem que se manter no grupo da frente, principalmente no G-4, porque é neste bolo que você vai ter chance de conquistar alguma coisa, seja vaga na Libertadores ou título. A intenção é essa: Distanciar do quinto e sexto lugar, porque o campeonato é um gangorra, cada rodada é uma briga intensa, e qualquer time pode tropeçar”, afirmou o técnico Renato Gaúcho, após a partida.

Renato contará com voltas importantes à equipe nesta quarta. O volante Souza, que foi poupado do jogo diante do campeão da América por cansaço muscular, deve retornar no lugar de Ramiro, que está suspenso. No ataque, Kleber, que cumpriu suspensão no final de semana, deve voltar à titularidade ao lado de Barcos. Vargas deve retornar para o banco.

Quem também está de volta ao Grêmio é Elano. Ele e o volante Adriano, que se lesionaram na vitória sobre o Bahia, dia 11 de agosto, treinaram normalmente nesta semana e estão aptos para atuar. Como Renato deve manter o esquema 3-5-2, a tendência é que os dois fiquem como opção no banco de reservas.

Os santistas, por sua vez, tentam voltar a ganhar na competição, depois de duas derrotas consecutivas, para times cariocas: Flamengo e Botafogo, respectivamente.

A equipe praiana ainda sonha em alcançar o G-4, condição que lhe daria a classificação para a próxima Copa Libertadores da América. Por esta razão, um triunfo na casa dos gaúchos, que estão entre os primeiros colocados do Brasileirão, poderia dar a confiança necessária para o grupo alvinegro embalar no campeonato.

“Queremos nos manter na parte de cima da tabela. É uma partida importante, como todas as outras. O Grêmio é um grande time, então a gente tem que jogar para cima e buscar a vitória, para que possamos subir na classificação, porque estamos atrás do G-4”, disse o atacante Gabriel.

O técnico Claudinei Oliveira também fez a sua análise do confronto e destacou o respeito pelo Grêmio, principalmente pelo fato de os gaúchos atuarem em casa. “O Grêmio é um time perigoso, com grandes jogadores do meio para frente. O elenco deles é muito forte e bem dirigido pelo Renato (Gaúcho). A torcida vai ao estádio e empurra a equipe deles. Por isso, nós precisamos ter tranquilidade para explorar alguma deficiência deles e o conseguir resultado positivo”, ponderou.

Arte GE.Net
O Santos deve ter mudanças no time titular para este desafio. A primeira é a entrada do jovem Gustavo Henrique na zaga, no lugar de Durval, formando dupla com o capitão Edu Dracena. O volante Arouca e o meia Montillo, totalmente recuperados de lesões, têm boas chances de jogar contra os gremistas. Porém, caso sejam deixados de fora deste jogo, Renê Júnior e Renato Abreu devem substituí-los, respectivamente.

Vale lembrar ainda que o meia Leandrinho não viajou para Porto Alegre, por causa de uma tendinite. Já Cicinho está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e cede a sua vaga para Rafael Galhardo, na lateral direita.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SANTOS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Ivan Carlos Bohn (PR)

GRÊMIO:
Dida; Gabriel, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Riveros, Zé Roberto e Alex Telles; Kleber e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

SANTOS: Aranha; Rafael Galhardo, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison, Arouca (Renê Júnior), Cícero e Montillo (Renato Abreu); Gabriel e Thiago Ribeiro
Técnico: Claudinei Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade