Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após o Mundial de 2014, Prandelli deve deixar a seleção da Itália

Roma (Itália)

A Copa do Mundo de 2014, no Brasil, deverá ser o último trabalho do técnico Cesare Prandelli à frente da seleção italiana. De acordo com a Sky Sport, o treinador só está esperando a classificação do time ao Mundial para se reunir com a Federação Italiana de Futebol (FIGC) e fazer o anúncio oficial.

Sabendo disto, a entidade já sonda alguns nomes, entre eles o de Massimiliano Allegri, do Milan, e de Alberto Zaccheroni, da seleção do Japão. Antonio Conte, da Juventus, e Roberto Mancini, atualmente sem clube, também estão na pauta da FIGC, que quer um comandante italiano e com muita experiência.

Quando estava na Fiorentina, Prandelli foi o escolhido para renovar a equipe nacional após a Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul. De lá até agora, ele somou em seu currículo um vice-campeonato europeu e um terceiro lugar na última Copa das Confederações.

AFP
Prandelli deverá anunciar data para despedida da seleção após classificação ao Mundial (foto: Alberto Pizzoli)
No entanto, a segunda colocação na Eurocopa de 2012 veio depois de derrota para a Espanha, assim como na eliminação das semifinais da Copa das Confederações, resultados compreensíveis para os italianos, tendo em vista a colocação da Fúria como melhor do mundo.

Líder do Grupo B das Eliminatórias Europeias, a Azzurra está muito próxima de garantir o seu passaporte para o Brasil. Com 14 pontos, os comandados de Cesare Prandelli receberão a Bulgária nesta sexta-feira, às 15h45 (de Brasília), no Estádio Renzo Barbera, do Palermo.

Esta oitava rodada poderá aumentar a diferença de tentos entre a Itália e a República Tcheca – terceira colocada, com nove. Nas Eliminatórias Europeias, os líderes dos grupos se classificarão diretamente ao Mundial. Já os segundos terão que fazer uma repescagem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade