Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

'Assombrado' por Abel, Jayme ressalta dificuldade contra o Náutico

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Enquanto aguarda uma resposta do técnico Abel Braga, Jayme de Oliveira segue no comando do Flamengo. O interino ficou a frente da equipe no empate com o Náutico, no fim de semana, no Campeonato Brasileiro. O resultado foi lamentado pela torcida, mas não pelo treinador, que ressaltou a dificuldade de encarar os pernambucanos fora de casa.

"Jogar contra o Náutico é sempre difícil. Seria leviandade nossa achar que os três pontos cairiam do céu. No primeiro tempo, tivemos o controle do jogo, criamos jogadas que poderiam resultar em gol, mas a bola não entrou. Na segunda etapa, o time perdeu esse controle e viu o Náutico ficar perigoso nos contra-ataques. Temos que continuar nessa caminhada, não adianta desespero", afirmou.

Sobre sua permanência como técnico do Flamengo, Jayme de Oliveira afirmou que somente uma sequência de resultados pode fazer os dirigentes pensarem a possibilidade de sua manutenção.

"Avaliação quem faz é a diretoria. Se continuar na quarta-feira (contra o Botafogo) estou pronto, preparado para trabalhar. Não é peso algum. Se tiver que voltar a ser auxiliar, tudo bem também", declarou.

Assim, Jayme de Oliveira seguirá no banco de reservas do Flamengo nesta semana, na partida pelas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Botafogo, no Maracanã.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade