Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Boa Esporte e Bragantino jogam mal e empatam sem gols no Melão

Varginha (MG)

Na tentativa de encostar no G-4 logo no início da rodada, o Boa Esporte recebeu o Bragantino nesta segunda-feira, no Estádio Melão, em Varginha, mas decepcionou a sua torcida. Em um jogo fraco, o time mineiro não fez o necessário para movimentar o placar e amargou um ruim empate sem gols diante da equipe de Bragança Paulista.

Com o empate sem gols, o Boa Esporte abre a rodada na sexta posição, com 32 pontos marcados, dois a menos do que o quarto colocado Joinville. O Bragantino, por sua vez, segue na posição intermediária da tabela, com 27 pontos, no 11º lugar.

Após o tropeço em casa, o Boa Esporte tenta não se afastar muito dos líderes na próxima rodada diante do Atlético-GO, fora de casa, no Estádio Serra Dourada, nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília). O Bragantino, por sua vez, joga no sábado, às 21 horas, contra o Guaratinguetá, no Dario Rodrigues Leite.

O jogo - Diante de sua torcida, o Boa Esporte tinha a chance de encostar no G-4, e assim passou a dominar as ações do jogo em Varginha desde o início. O experiente Marcelinho Paraíba, como já vem fazendo ao longo desta Série B, comandou o time mineiro no ataque, mas estava difícil furar o bloqueio do Bragantino.

Arte GE.Net
Aos 19 minutos da etapa inicial, Fernando Karanga aproveitou o cruzamento na área, cabeceou em direção ao gol, a bola passou em cima da linha, mas não entrou. Mais tarde, aos 27, Marcelinho Paraíba serviu Francismar, que soltou a bomba de longe e carimbou a trave do goleiro Leandro Santos.

Apesar dos dois lances de perigo, o jogo no primeiro tempo não foi bom. O Boa Esporte, melhor na tabela de classificação, confirmava sua superioridade em campo, já que era melhor do que o Bragantino. O domínio, porém, nada representava no placar. Sem mais chances de balançar as redes, o time mineiro chegou ao intervalo com um empate sem gols.

Na etapa complementar, o Boa não manteve o mesmo ritmo e o Bragantino melhorou. Sendo assim, a equipe paulista assustou logo aos três minutos, quando Dudu obrigou o goleiro Douglas a fazer grande defesa. Com mais presença no campo adversário, o time visitante passou a oferecer mais perigo não demorou a ter a melhor chance do jogo.

Aos 24 minutos do segundo tempo, Magno desceu com liberdade pela direita, fez o cruzamento rasteiro para a área e encontrou Dudu, livre, com a missão de apenas escorar para o fundo do gol. O meia do Bragantino, no entanto, bateu em cima do goleiro Douglas, desperdiçando uma chance inacreditável para os visitantes.

Após o lance de perigo, o jogo seguiu em ritmo lento, as duas equipes atacaram sem eficiência, com um baixo volume de jogo e o marcador não foi movimentado. O empate sem gols, ruim para as duas equipes, estava confirmado no Melão, em Varginha.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade