Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bota acelera recuperação de jogadores para ter 'reforços internos'

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Ao longo dos últimos meses, o Botafogo foi perdendo jogadores importantes no Campeonato Brasileiro. Os meias Fellype Gabriel, que foi para o futebol dos Emirados Árabes Unidos, Andrezinho, hoje na China, e Vitinho, que se transferiu para o russo CSKA Moscou, são alguns dos exemplos de atletas que fragilizaram o plantel botafoguense. Como as convocações para a Seleção Brasileira e de outros países, envolvidos nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, são frequentes e suspensões e lesões fazem parte da disputa, muitas vezes escalar a equipe se torna um drama para o técnico Oswaldo de Oliveira, como aconteceu na recente vitória de 2 a 1 sobre o Criciúma, conquistada sem sete titulares.

Justamente para tentar amenizar esta realidade para estes três meses finais de temporada, quando além de uma árdua disputa pelo título do Campeonato Brasileiro o time estará envolvido na Copa do Brasil, o Botafogo vem tentando procurar reforços dentro de seu próprio elenco. Nesta sexta-feira o lateral-direito Lucas reapareceu no gramado do Engenhão para uma longa caminhada ao redor do gramado. Acompanhado pelos preparadores físicos, ele mostrou que está em pleno vapor no seu processo de recuperação de uma cirurgia no tornozelo esquerdo, a que se submeteu após uma entrada aplicada pelo meia Zé Roberto na vitória de 2 a 1 do Grêmio sobre o Alvinegro.

Lucas era considerado titular antes de se lesionar e a expectativa é que ele possa ser usado a partir do início de novembro, quando o Brasileirão entrará na reta final. Antes disso a lateral-direita já terá o jovem Gilberto, revelado nas categorias de base e que se recupera de uma lesão na coxa esquerda. O jogador deverá ser relacionado a partir da próxima semana, assim como outra cria da casa, o volante Gabriel, considerado titular e que se recupera de um edema na coxa direita.

Outro jogador que vai ser relacionado a partir da próxima semana é o atacante Bruno Mendes, que teve que se submeter a uma cirurgia no pé direito por conta de uma verruga interna. O jogador é visto com grande potencial, após surgir no time no fim do ano passado marcando gols importantes. Contratado junto ao Guarani, com um esforço da diretoria botafoguense para adquirir seus direitos federativos, o artilheiro caiu de produção este ano após defender a Seleção Brasileira na péssima campanha no Campeonato Sul-americano Sub-20, quando o Brasil sequer conseguiu passar da fase de grupos, não conseguindo a classificação para o Mundial da categoria.

Divulgação/Botafogo F. R.
Após desmanche, lesões, contusões e suspensões, botafoguenses vão dando jeito com base
Outro reforço que vai ajudar o Botafogo na reta final do Brasileirão é o atacante Henrique. O jogador chegou a ser emprestado no mês passado ao Real Madrid B, que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Espanhol. Porém, como não conseguiu ser inscrito a tempo na competição, retornou para General Severiano. Existe a possibilidade de que a negociação seja retomada em janeiro, quando a janela de transferências internacionais será reaberta. O jogador, ex-São Paulo, é considerado reserva por Oswaldo de Oliveira.

Ainda sem contar com todos estes reforços internos, o Botafogo volta a campo neste domingo, às 18h30 (de Brasília), para medir forças com o Santos, na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso, o Glorioso poderá contar com o retorno do goleiro Jéfferson, que estava servindo à Seleção Brasileira em amistoso internacionais e reaparece na vaga de Renan. Já o meia uruguaio Lodeiro recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Corinthians e vai cumprir suspensão, dando a vaga para Hyuri. Neste sábado pela manhã o elenco participa de um recreativo no Engenhão e depois a delegação embarca para Santos (SP). Com 39 pontos conquistados, quatro a menos que o líder Cruzeiro, o Alvinegro tenta encurtar a distância para o ponteiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade