Futebol/Copa do Brasil - ( )

Botafogo e Flamengo "mudam a chave" e fazem jogo de ida das quartas

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Botafogo e Flamengo começam o confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), quando duelam no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). O jogo de volta será em 23 de outubro, no mesmo local, e, por conta disso, não valerá neste choque o critério de gol marcado como visitante, já que a CBF entende que com as duas partidas acontecendo no Maracanã, não há motivos para considerar um dos dois times como mandante.

As duas equipes chegam para este confronto com o espírito de reação. O Flamengo está mergulhando em uma crise, agravada pela demissão do técnico Mano Menezes e pelo empate sem gols com o lanterna Náutico no fim de semana. Com o tropeço, o Rubro-Negro, que soma 27 pontos, está flertando com a zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A queda para a segunda divisão é um risco que o Botafogo, com 42 pontos, na vice-liderança, não corre. Mas a derrota de 2 a 1 para o Bahia tornou a disputa do título distante e um revés contra os flamenguistas pode gerar um início de crise.

“A Copa do Brasil é uma excelente oportunidade que temos para mostrar o valor deste grupo do Flamengo, já que as coisas não estão caminhando bem no Campeonato Brasileiro. Estamos focados neste jogo contra o Botafogo para conquistarmos um triunfo”, afirmou o atacante Hernane.

O volante botafoguense Gabriel também vê a Copa do Brasil como algo importante.“Por ser mata-mata, acaba se tornando um atalho muito importante e precisamos contar com esse trunfo até o fim. Se passarmos deste clássico, já estaremos nas semifinais, e aí a decisão se torna algo ainda mais nítido. Queremos muito conquistar o título da Copa do Brasil”.

Satiro Sodré/ Divulgação
Botafoguenses esperam que Seedorf volte a mostra o futebol que o alçou ao posto de principal jogador do time
O jogador botaoguense parece ter entendido bem o recado do técnico Oswaldo de Oliveira, que pediu para seus jogadores deixarem o Brasileirão de lado neste momento.

“Por alguns dias temos que mudar a chave e pensar na Copa do Brasil, pois é uma competição de alto nível, trata-se de um título nacional, algo que desejamos muito, e ainda nos leva para a Copa Libertadores, outra prioridade do Botafogo. Portanto, não há motivos para deixarmos esses clássicos de lado. Vamos com o que temos de melhor e dando o nosso melhor”, explicou Oswaldo.

Cientes de que o Botafogo dando o seu melhor é um adversário complicado de ser batido, os flamenguistas esperam contar com o apoio dos torcedores.

“Nós sabemos que é muito importante conquistarmos uma vitória neste clássico para começarmos a mudar a nossa realidade na temporada. A torcida sabe que o Flamengo cresce nesses momentos de mata-mata, e com certeza estará em grande número nos apoiando no Maracanã. Precisamos bastante deste estímulo”, disse o meia André Santos.

Em termos de escalação, conforme Oswaldo de Oliveira antecipou, o Botafogo não pretende poupar jogadores. Mas o time tem desfalques. O zagueiro Bolívar, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, cede posto a André Bahia. Outro que fica de fora é o atacante Elias, que não pode ser usado porque já representou o Resende-RJ nesta Copa do Brasil. Assim, Alex e Hyuri disputam seu lugar.

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Flamengo conta com os gols de Hernane, que, ao lado de Elias, é o artilheiro do Fla na Copa do Brasil, com três gols
Já o Flamengo terá reforços importantes para este clássico. O goleiro Felipe, recuperado de uma torção no tornozelo direito, o lateral direito Leonardo Moura, preservado contra o Náutico por conta de desgaste muscular, e o zagueiro Chicão, livre de dores na coxa direita, reaparecem, assim como o volante paraguaio Víctor Cáceres, que cumpriu suspensão contra o Náutico. Assim, o goleiro Paulo Victor, o zagueiro Samir e o volante Amaral ficam como opção no banco, enquanto Luiz Antonio, que vinha atuando pela lateral, retorna ao meio no posto de Elias, suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

Na fase anterior da Copa do Brasil, o Flamengo eliminou o Cruzeiro pelo gol marcado como visitante, já que perdeu de 2 a 1 em Minas Gerais e ganhou por 1 a 0 no Maracanã. O Botafogo teve mais tranquilidade para despachar o Atlético-MG, com empate por 2 a 2 em Belo Horizonte (MG) após triunfo por 4 a 2 no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X FLAMENGO-RJ

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de setembro de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 21h50(de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Dibert Pedrosa Moises (RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson, Edilson, Dória, André Bahia e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Seedorff, Lodeiro e Hyuri (Alex); Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Chicão e João Paulo; Víctor Cáceres, Luiz Antonio, Carlos Eduardo e André Santos; Paulinho e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade