Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Candidato à presidência do São Paulo, Aidar condena atitude de Sheik

São Paulo (SP)

Já faz um mês, mas o selinho de Sheik em um amigo após vitória do Corinthians em Coritiba ainda causa algum barulho. O candidato à presidência do São Paulo, Carlos Miguel Aidar condenou a atitude e acredita que ela foi ruim para o Corinthians.

“Acredito sim que esse tipo de atitude é prejudicial para a imagem do clube e para a do próprio atleta. O fato de ele ter feito aquilo, vai evitar que o evento se repita no meio, não foi bom. Penso, inclusive, que uma punição ao jogador seria completamente razoável”, analisou em entrevista ao programa Mesa Redonda da TV Gazeta.

Com apenas uma vitória desde a polêmica, o Corinthians tem caído na tabela e terminou a 23ª rodada na 11ª colocação, com 31 pontos, deixando de ser o melhor paulista da competição, ultrapassado pelo Santos, sétimo colocado com 32.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade