Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Chefe parabeniza Pato, mas lamenta novo desfalque no ataque

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Há pouco mais de uma semana, Tite tinha de explicar por que Alexandre Pato não engrenava no Corinthians. Após algumas boas atuações, o atacante foi convocado para a Seleção Brasileira, e agora o treinador lamenta a ausência do jogador nas próximas três partidas.

Antes de lamentar, no entanto, o treinador foi fiel a seu estilo e parabenizou os companheiros de Pato pelo chamado de Felipão. E implorou que fossem reproduzidos também os seus elogios, não apenas a chateação pelo desfalque contra Internacional, Náutico e Botafogo.

“O Pato mereceu pelo trabalho. O Pato pela qualidade; o departamento médico e o departamento físico, pela sustentação. Os colegas e a organização das jogadas proporcionaram a ele os dois gols de domingo e a ida à Seleção. Foi a equipe toda”, afirmou o treinador alvinegro.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Após uma goleada sobre o Flamengo, Tite terá de reajustar o ataque do Corinthians no Sul
Feita essa observação, Tite se permitiu mostrar sua preocupação. “Sim, tem esse outro lado. Eu gostaria de dar continuidade e sequência ao atleta. O Corinthians tem o objetivo de chegar à frente e precisa recuperar agora os pontos que perdeu quando estava disputando a Recopa.”

O problema é maior para o gaúcho porque Paolo Guerrero também não está à disposição. O ótimo centroavante peruano está a serviço de sua seleção e ficará fora também das próximas três rodadas do Campeonato Brasileiro. “Claro que me chateio. A gente busca, procura ajustar os mecanismos da equipe. Temos de nos ajustar de novo.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade