Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Claudinei lamenta empate com Timbu: “Pior partida sob meu comando"

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A atuação do Santos no empate com o Náutico, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, foi alvo de críticas do técnico Claudinei Oliveira. Na avaliação do treinador, o futebol apresentado pela equipe praiana deixou a desejar e, por essa razão, a vitória sobre o lanterna do Campeonato Brasileiro não foi conquistada.

“A equipe jogou a pior partida sob o meu comando. Não fomos bem durante os 90 minutos. Pelo que foi o jogo, acho que somamos um ponto, pois poderia ter sido pior. Não tivemos envolvimento técnico suficiente para ganhar. Fizemos substituições, mas as coisas não aconteceram. Claro que o Náutico teve os seus méritos, mas não apresentamos um futebol convincente”, disse Claudinei.

O comandante santista ainda destacou que o time não teve um bom rendimento no aproveitamento de passes, o que impediu os alvinegros de se imporem tecnicamente diante do Timbu, durante a partida, atrasada da 11ª rodada do Brasileirão.

“Nós erramos muitos passes. Geralmente, o nosso time tem um aproveitamento de pouco mais de 80% nesse quesito, algo que não repetimos contra o Náutico. Erramos muito, porque jogamos demais pelo meio e não usamos tanto as laterais do campo. Enfim, não jogamos bem e temos que trabalhar para voltar a vencer”, comentou.

Mesmo sem o Santos ter conquistado a vitória, a equipe praiana subiu uma posição e agora é o sexto colocado na Série A, com 33 pontos. O Peixe volta a atuar diante do Atlético-MG, no próximo domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no Estádio Independência.

“Em termos de classificação, ainda subimos um posto. Estamos em sexto. Vamos planejar o jogo contra o Atlético-MG, pois temos que conseguir pontos. A preferência é pela vitória, mas se não der, pelo menos um ponto. Só vamos encostar no G-4 mantendo um nível de boas atuações”, finalizou Claudinei Oliveira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade