Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com milésimo gol em Brasileiros, Bahia vence o Inter na Fonte Nova

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O Bahia conquistou uma importante vitória nesta quinta-feira na Fonte Nova. Com gols de Feijão e Fernandão, o time de Cristóvão Borges bateu o Internacional por 2 a 0, livrando quatro pontos para a zona de rebaixamento e deixando o Colorado quatro pontos longe do G-4. O gol de Feijão foi o milésimo do Tricolor na história do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo foi monótono, quase sem lances de perigo. A partida esquentou com o gol do Bahia no comecinho do segundo tempo. O Inter veio para cima, pressionou a equipe da casa, mas o Tricolor Baiano conseguiu segurar a importante vitória e ainda ampliou no finzinho. Há cinco rodadas os comandados de Cristóvão não conheciam o sabor dos três pontos.

O time da Boa Terra sobe a 28 pontos, na 13ª colocação. Já o Colorado estacionou nos 34, mas manteve a 5ª posição. As duas equipes voltam a jogar neste domingo. O Bahia visita o vice-líder Botafogo, enquanto o Inter busca recuperação diante da Portuguesa, em Novo Hamburgo.

O jogo – O técnico Dunga montou o Inter de forma cautelosa, com três volantes. Já o Bahia entrou com um esquema mais franco, um 4-2-3-1 que se transformava em 4-3-3 quando o time atacava, já que Wallyson e William Barbio subiam pelas pontas, juntando-se a Fernandão no ataque. O Bahia naturalmente começou tomando a iniciativa, mas esbarrava em seus próprios erros de passe e no ferrolho defensivo montado por Dunga. Já o Inter também não conseguia ligar contra-ataques, também errando demais, o que tornou o jogo morno na primeira etapa. Só aos 23 houve o primeiro lance de relativo perigo: Otávio foi lançado na área do Bahia, mas perdeu o equilíbrio e chutou mascado, facilitando a vida de Marcelo Lomba.

Chegada forte, mesmo, só foi ocorrer aos 37: Leandro Damião recebeu na entrada da área, encobriu Lomba, mas a bola bateu no travessão. A bola sobrou para Josimar, que tentou emendar um voleio, mas mandou alto demais. O Bahia só chegou bem na área colorada no último minuto do primeiro tempo: Feijão errou o chute a gol, mas a bola caiu no pé de Fernandão, que fez belo drible mas chutou sobre a zaga do time gaúcho. O Bahia voltou mais animado para o segundo tempo. Aos três minutos, Wallyson invadiu a área colorada, mas adiantou demais a bola, que ficou com Muriel. Aos cinco, veio o gol: após cobrança de escanteio, Muriel tirou de soco para a entrada da área, onde estava Feijão. O volante chutou rasteiro, a bola desviou em Índio e entrou. Foi o milésimo gol do Tricolor Baiano em Brasileiros.

Arte GE.Net
Com o gol sofrido, Dunga abriu o time, tirando Josimar e colocando Caio em seu lugar. O Inter veio com tudo para cima. Aos 15, um lance incrível: Leandro Damião recebeu belo passe de Alex e chutou na trave direita de Lomba. A bola resvalou na trave esquerda e saiu. Dois minutos depois, grande defesa do goleiro do Bahia em chute forte, rasteiro e cruzado de Caio. Aos 20, Otávio recebeu passe livre na área, mas mandou de primeira por cima. Mesmo com Marquinhos Gabriel no lugar do apagado Wallyson, o Bahia seguiu acuado pela pressão gaúcha, e Marcelo Lomba se tornou o grande destaque do jogo.

Aos 22, fez grande defesa em falta cobrada por Alex. Aos 28, espalmou chute forte de Damião pela direita da área. Dois minutos depois, quando o goleiro do Bahia não alcançou, o chutaço de Caio da intermediária explodiu no travessão. Aos 34, Damião recebeu cruzamento de Fabrício, mas não conseguiu empurrar para o gol.

No final, o Inter se atirou para cima, sem organização, e os espaços para o Bahia aumentaram. Aos 43, a definição do jogo: Fernandão recebeu belo lançamento, driblou Muriel e tocou para o fundo da rede: Bahia 2 a 0. Nos descontos, Rafael Moura perdeu chance incrível: recebeu lançamento na cara de Lomba e chutou na trave, deixando escapar o gol de honra do Inter.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade