Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com orçamento enxuto, dirigente do Criciúma pede apoio da torcida

Criciúma (SC)

O diretor executivo de futebol do Criciúma, Cícero Souza, veio a público para pedir o apoio da torcida do Tigre. A equipe conquistou apenas um dos últimos 15 pontos disputados e voltou à zona de rebaixamento.

Na visão do dirigente, a ajuda das arquibancadas será fundamental para evitar a queda para a Série B, já que o clube está no limite de seu orçamento e dificilmente contratará  novos jogadores. As declarações foram dadas nesse domingo, após a derrota por 2 a 1 para o Santos.

“Este grupo é o máximo que o Criciúma conseguiu montar. A gente não enxerga no mercado possibilidades financeiras ou técnicas para resolver essa questão. Prefrimos olhar para o que já foi feito. Na 18ª rodada, os mesmos jogadores ocupavam a nona colocação na tabela”, disse.

“Este momento é preocupante. O campeonato vai se desenhar de duas formas. Se a gente ganhar [nesta quarta-feira do Flamengo], vamos precisar de seis vitórias em 14 jogos. Se não tivermos essa vitória, vamos precisar de outras sete em 14 partidas. Mais do que nunca é importante que o torcedor tenha carinho, compreensão e seja tolerante com o time”, afirmou.

Cícero citou os casos de Gilson e Amaral para exemplificar o apoio qu quer da torcida. Ambos os jogadores estão emprestados pelo Cruzeiro, que paga parte do salário deles. Os dois têm ficado no banco de reservas depois de sofrerem críticas dos torcedores.

“Como a nossa torcida teve uma ruptura com o Amaral e com o Gilson, precisamos protegê-los, até porque não temos custos com eles. A gente já usa praticamente todo o orçamento, e estamos expelindo dois jogadores com os quais gastamos pouco. Sabemos que não é questão técnica propriamente dita”, completou.

A partida contra o Flamengo está marcada para as 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, no Maracanã, e será válida pela 24ª rodada. A equipe carioca é a 16ª colocada, uma posição e três pontos acima do Criciúma.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade