Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Contra aproximação de rivais do G-4, Chapecoense recebe São Caetano

Chapecó (SC)

Derrotado pelo Oeste fora de casa na última rodada, a Chapecoense viu o Palmeiras disparar na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro e já tem uma nova preocupação: os adversários do G-4. Diante disso, os catarinenses buscam retomar o caminho das vitórias contra o São Caetano, na Arena Indio Condá, nesta sexta-feira, a partir das 21h50 (de Brasília).

Com 43 pontos, a Chape é a vice-líder e tem dez pontos de vantagem para o América-MG, primeiro time fora do G-4. A confortável vantagem já fez o elenco mudar o discurso dentro do torneio. O objetivo do time - que no início da competição era se manter na Série B - passou a ser o acesso e ninguém mais esconde isso.

“Todos aqui sabemos que a competição é complicada. Eu já joguei outros anos a Série B e cada vez mais se nota uma equivalência entre os times. A gente não chegou aqui por acaso. Sabemos do trabalho que está sendo realizado neste vestiário e seguimos focados jogo a jogo, agora com a mudança do objetivo. Já conquistamos a meta inicial. Queremos realizar o sonho do acesso para a primeira divisão no final do ano”, declarou o atacante Tiago Luís.

O único desfalque para o treinador Gilmar Dal Pozzo é o meia Danilinho, que teve confirmada uma fratura no pé esquerdo e está fora por 45 dias, no mínimo. A tendência é que Diego Felipe, que o substituiu no jogo contra o Oeste, ganhe a titularidade. Na lateral esquerda, Fabinho Gaúcho volta de suspensão.

Já o São Caetano briga na outra extremidade da tabela e vem de um resultado que animou o grupo: vitória por 2 a 1 sobre o Paraná – terceiro colocado – em casa. O triunfo não tirou o time da zona da degola, mas foi suficiente para deixar o Azulão a um ponto de sair dela. Com 22 pontos, o time do ABC é o 17º. O Paysandu, 16º, tem 23.

“A vitória contra o Paraná foi convincente, mas já é passado. Agora vamos enfrentar outro time do G-4 e precisamos vencer. Para sair desta situação, teremos que ganhar jogos fora de casa também e não podemos mais adiar. Serão dois confrontos fora (Chapecoense e Atlético-GO) e o ideal seria trazer pelo menos quatro pontos na bagagem”, declarou o goleiro Rafael Santos.

Para o duelo com a Chape, o técnico Sérgio Guedes não poderá contar com o atacante Geovane, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O treinador não confirmou o substituto, que pode ser Giancarlo, Marcelo Soares ou Pedro Carmona. Moradei continua fora, por lesão. Anselmo assume a titularidade.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X SÃO CAETANO

Local: Arena Índio Condá, em Chapecó (SC)
Data: 13 de setembro de 2013, sexta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz e Antonio Luiz Guimaraes Lugo, ambos do MS

CHAPECOENSE:
Rodolpho; Fabiano, André Paulino, Rafael Lima e Fabinho Gaúcho; Glaydson, Wanderson (Paulinho Dias), Nenén e Diego Felipe; Tiago Luís e Bruno Rangel
Técnico:
Gilmar Dal Pozzo

SÃO CAETANO: Rafael Santos; Samuel Santos, Douglas Grolli, Fred e Diego; Anselmo, Wagner Carioca, Danilo Bueno e Pirão (Éder); Geovane e Jael
Técnico: Sérgio Guedes

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade