Futebol/Bastidores - ( )

Contrária ao retorno de Lúcio, diretoria ainda vai ouvir Muricy

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Apesar da mudança no comando técnico, a diretoria do São Paulo não cogita reintegrar o zagueiro Lúcio, afastado por Paulo Autuori por indisciplina. Ainda assim, Muricy Ramalho será ouvido.

Questionado sobre o assunto em sua apresentação, o treinador ainda não tinha opinião sobre o assunto. "Estou chegando hoje, ainda estou vendo os problemas que o time tem", falou, no início da tarde desta terça-feira.

Na primeira manhã de trabalho, Muricy conversou rapidamente com o coordenador técnico Milton Cruz, com quem trabalhou em sua passagem anterior, até 2009. Ele é quem botará o novo treinador a par do que vem acontecendo nos últimos meses.

De acordo com o vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes, é muito difícil que o afastamento de Lúcio seja revertido, tendo em conta que ele passou a treinar separadamente do grupo por indisciplina.

Com contrato até o fim de 2015, o zagueiro não se transferiu para nenhuma equipe da primeira divisão nacional até por já ter excedido o limite de jogos pelo São Paulo nesta edição do Campeonato Brasileiro. Por isso, vai continuar recebendo salário à espera do final da temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade