Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Corinthians vai tentar frear crise sem referência Guerrero no ataque

São Paulo (SP)

Tite gosta de se basear em números e aponta com frequência o aproveitamento superior do Corinthians quando Paolo Guerrero está em campo. No domingo, contra o Cruzeiro, na tentativa de frear uma das maiores crises desde que retornou ao clube, em 2010, o técnico terá de se virar sem o centroavante.

O peruano levou o terceiro cartão amarelo na quarta-feira, na derrota por 2 a 0 para a Ponte Preta, e não irá ao Pacaembu no final de semana. Alexandre Pato, que teve mais um desempenho ruim na última rodada atuando pelos lados, assumirá o comando do ataque.

Nas três posições imediatamente atrás do centroavante, existe uma indefinição. Tite observou uma melhora no segundo tempo contra a Ponte, quando Danilo e Emerson entraram na direita e na esquerda, respectivamente, com Douglas centralizado. É provável que essa formação seja mantida, com Romarinho no banco.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Guerrero levou o terceiro cartão amarelo por reclamação com o árbitro Paulo César de Oliveira
Nos demais setores, só deverá haver alterações se Alessandro voltar de contusão. Caso o lateral direito se recupere de uma lesão na panturrilha direita, algo com o que não conta Tite, Edenílson poderá deixar a posição e assumir seu posto de segundo volante, colocando Maldonado no banco de reservas.

A quinta-feira, dia de recuperação dos atletas que atuaram em Campinas, não dará grandes pistas em relação à escalação. O time que tentará acabar com a série de cinco partidas sem vitória – contra o líder do campeonato, que vem de oito triunfos seguidos – começará mesmo a tomar forma na sexta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade