Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Criciúma ‘esconde o jogo’ e realiza apenas treino recreativo em Santos

Santos (SP)

O Criciúma não está nem um pouco disposto a dar informações ao adversário. Neste sábado, em treinamento realizado no CT do Santos, rival deste domingo, o técnico Sílvio Criciúma comandou apenas um trabalho recreativo para esconder ao máximo o time que entrará em campo a partir das 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.

O elenco catarinense realizou apenas um trabalho de dois toques em campo reduzido na atividade da manhã deste sábado. “Vou esconder para a gente tentar tirar proveito no duelo contra o Santos, que é um time que está cinco pontos na nossa frente. Uma vitória faz diminuir esta diferença e, acima de tudo, a gente precisa neste momento para ganhar mais confiança e quebrar a sequência de derrotas em casa”, explicou o comandante do Tigre.

O treinador levou 20 jogadores à baixada santista e pode escalar a equipe no 3-5-2, uma vez que levou um zagueiro a mais do que costuma relacionar. A única ‘pista’ dada foi que pretende fazer cinco alterações em relação ao time titular do último confronto, derrotado em casa para o Fluminense. Duas são ‘obrigatórias’, já que os laterais Sueliton e Marlon estão machucados e não têm condições de jogo. Assim, Tony e Diego Hoffmann vão a campo. As outras três, no entanto, não foram reveladas.

“Por direito meu, não vou revelar quais jogadores e o esquema que será utilizado. Vai ficar só para o momento do jogo. Todos os jogadores envolvidos estão sabendo, os 11 e os nove que ficarão na reserva”, explicou Sílvio Criciúma. Se montar a equipe com três zagueiros, o Tigre deve iniciar a partida com: Helton Leite; Matheus Ferraz, Fábio Ferreira e Leonardo; Tony, Elton, João Vitor, Daniel Carvalho e Diego Hoffmann; Lins e Wellington Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade