Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Cruzeiro vira jogo em cima do Goiás e amplia vantagem na liderança

Goiânia (GO)

Goiás e Cruzeiro fizeram um bom jogo nesta quarta-feira, no Serra Dourada, na abertura do returno do Brasileiro. A Raposa provou que não lidera a competição por acaso, e teve forças para virar o jogo em Goiânia, triunfo por 2 a 1, que deixa os mineiros confortáveis na tabela, observando a concorrência pelo retrovisor.

O ex-atleticano Renan Oliveira abriu o placar com uma com um gol de cabeça, completando cruzamento de Ramon pela direita. O empate saiu de um belo lançamento de Alisson, que deixou Willian livre para deixar tudo igual no marcador. No segundo tempo, Willian volta a aparecer e garante a vitória do time mineiro, que chega aos 43 pontos e amplia a vantagem na liderança do Brasileiro. Já o Goiás segue estacionado nos 26 pontos, no bloco intermediário.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro terá uma disputa direta pelas primeiras colocações, enfrentando o Atlético-PR, sábado, no Mineirão. Já o Goiás terá um dia a mais de preparação para visitar o Corinthians, no Pacaembu.

O jogo – O Cruzeiro iniciou a partida no Serra Dourada valorizando a posse de bola e tentando cadenciar jogo. Já o Goiás se mostrou mais objetivo, sempre em direção ao gol e tentando imprimir um ritmo acelerado. Apesar das estratégias distintas, o equilíbrio de forças prevaleceu na primeira parte do duelo.

Arte GE.Net

Vivendo ótima fase, o meia-atacante Everton Ribeiro deu muito trabalho para os defensores esmeraldinos, se movimentando bastante pelos lados do campo, e usando a boa visão de jogo para dar assistências para os companheiros. A forte marcação do Goiás, porém, se mostrou eficiente, impedindo que as jogadas da Raposa terminassem e conclusões em gol.

Pressionando a saída de bola cruzeirense, o time goiano quase chegou ao gol aos 19, quando o zagueiro Dedé vacilou, perdeu a bola para o ataque esmeraldino, mas na hora de finalizar, Hugo errou o alvo, com o tiro saindo à esquerda do goleiro Fábio. A jogada deu confiança para a equipe da casa, que adiantou as linhas de marcadores, dificultando a vida dos mineiros.

Aos poucos, o Goiás foi tomando gosto pelo jogo e passou a ter o controle da partida. O prêmio por agredir o Cruzeiro veio aos 27, com boa trama ofensiva, que começou com Hugo, que lançou Ramon, que cruzou para cabeçada mortal do armador Renan Oliveira, sem chances para o goleiro Fábio. O gol deixou o torcedor ainda mais animado no Serra Dourada.

Compactado e bem distribuído em campo, o Goiás fazia uma partida quase perfeita, mas aos 38, Alisson rasgou a zaga cruzeirense com uma assistência digna de cinema. O passe deixou Willian livre para empurrar para as redes na saída do goleiro Fábio, deixando tudo igual no placar.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Marcelo Oliveira adiantou a marcação, e passou a criar mais chances de gol. O avante Anselmo Ramon foi acionado para deixar a equipe mineira ainda mais agressiva. No Goiás, o time sentiu claramente a falta do atacante Walter, já que Neto Baiano e Júnior Viçosa não conseguiram corresponder. O artilheiro ‘gordinho’ foi vetado pelos médicos.

Para suprir a falta do matador, o armador Hugo assumiu a responsabilidade de organizar a casa. Aos 18, o jogador recebeu na entrada da área e fuzilou o goleiro Fábio, que fez grande defesa. Três minutos depois, Hugo voltou a aparecer em jogada individual, com um drible desconcertante, o jogador limpou a marcação e carimbou a trave cruzeirense.

A resposta do Cruzeiro não demorou e veio aos 26, novamente com Willian, que escorou cruzamento de Mayke e estufou as redes do Serra Dourada. Com o resultado negativo, o Goiás foi todo para frente dando espaços para o contra-ataque. Apesar dos esforços de ambos o lados, o placar teimou em ficar no 2 a 1 até o final, com direito a bolada na trave do Goiás.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade