Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Derrota para o América-MG liga sinal de alerta no Figueirense

Florianópois (SC)

Cada vez mais distante do acesso à Série A, principal objetivo da temporada, o Figueirense ligou o sinal de alerta nessa segunda-feira, após a derrota em casa por 2 a 1 para o América-MG. A equipe ocupa a décima colocação, com 29 pontos, cinco abaixo do G-4, e cobra de si mesma uma reação imediata.

“A gente não pode permitir mais erros, perda de pontos. Precisamos de uma sequência de vitórias para subir de novo na tabela. Já passei por experiências piores. Com o Flamengo em 2009, nós viramos o primeiro turno em 15º lugar e fomos campeões brasileiros. Mas precisamos de mais atitude. Somos todos homens, profissionais”, disse o meia Zé Roberto, que substituiu André Rocha ao longo da partida.

Tanto o armador quanto Wellington Saci, que também esteve em campo, tiveram que ouvir vaias da torcida no final do jogo. Para o lateral esquerdo, a cobrança não é só justa, como também pode melhorar o rendimento da equipe.

“A torcida está correta. Tem que cobrar, vaiar, porque paga o ingresso e quer ver o seu time ganhando. Infelizmente, mais uma vez, não conseguimos a vitória. Nós jogadores temos que levantar a cabeça, continuar o trabalho e dar a cara para bater. É dessa forma que vamos corrigir nossos erros e voltar a ganhar os jogos. Temos a consciência que de erramos muito e pecamos demais”, disse.

Na tarde desta terça, o grupo alvinegro voltou a treinar no CFT de Cambirela. No próximo sábado, enfrenta o Sport em Recife, pela 21ª rodada da Série B.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade