Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Desfalques dificultam início de trabalho de Sílvio Criciúma no time

Criciúma (SC)

Ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Criciúma terá muitos desfalques para o jogo contra o Internacional, neste domingo, no Heriberto Hülse. O técnico Sílvio Criciúma, efetivado há duas partidas, terá dificuldades para escalar o meio-de-campo do time, que vem de um empate fora de casa.

Depois da igualdade de 2 a 2 com o Bahia, na última quarta, o treinador perdeu mais três jogadores: o zagueiro Ewerton Páscoa, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo, o lateral-esquerdo Marlon, que voltou a sentir dores no tornozelo, e o volante João Vítor, expulso do campo da Fonte Nova.

Marlon ainda será reavaliado pelo departamento médico do clube, mas a tendência é a de que ele seja baixa para este domingo. E os problemas de Sílvio Criciúma não param por aí, já que Élton e Cassiano, vinculados ao Colorado, estão impedidos de atuar por cláusula contratual.

Caso queira relacioná-los para o duelo, a diretoria aurinegra terá que desembolsar um relativo alto valor aos gaúchos. Mesmo com a dor de cabeça, o comandante prometeu: “Vamos ter uma equipe forte contra o Inter, que tem qualidade e força física. Estamos vivos e lutando bastante”.

Sem poder contar também com Serginho e Daniel Carvalho, no DM, Sílvio Criciúma só comemora quando se lembra de que poderá ter Fabinho e Wellington Paulista na linha de frente. Ambos se recuperaram de lesões e, dependendo do condicionamento físico, serão relacionados.

O Criciúma é o 12º colocado da Série A, com 24 pontos, dois a mais do que a Portuguesa, que abre a zona de degola da competição nacional. A última vitória no torneio foi dia 5 deste mês, nos 2 a 1 sobre o São Paulo, em pleno Morumbi, pela 18ª rodada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade