Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Diretor do Corinthians nega conversas por centroavante: “Difícil”

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET São Paulo (SP)

Detentor da melhor defesa desta edição do Campeonato Brasileiro, com nove gols sofridos em 20 partidas, o Corinthians tem encontrado dificuldades para balançar as redes adversárias e marcou apenas 19 vezes na competição nacional. Insatisfeito, o treinador do time alvinegro, Tite, ressaltou necessidade de mais uma opção para compor o ataque. Entretanto, o diretor-adjunto da agremiação paulista, Duílio Monteiro Alves, negou existência de conversas por um novo centroavante.

“Não estamos negociando com ninguém. A janela de transferências do futebol europeu já está fechada, e os jogadores dos clubes da Série A já ultrapassaram o limite de seis partidas. Assim fica muito difícil”, explicou o dirigente.

Atualmente, Tite conta com oito atletas para formar o ataque da equipe alvinegra: Alexandre Pato, Paolo Guerrero, Emerson, Romarinho, Zizao, Leo, Paulo Victor e Leandro. Os quatro primeiros da lista costumam se alternar nas vagas da equipe titular, enquanto o jogador chinês não entra em campo desde 27 de março deste ano. Os três últimos, ainda considerados inexperientes pelo técnico, também recebem poucas oportunidades.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Alexandre Pato é o artilheiro do Corinthians no Campeonato Brasileiro, com seis gols em 17 partidas

Em mau momento no Campeonato Brasileiro, o Corinthians não vence há três partidas (duas derrotas e um empate). Neste período, o time alvinegro não marcou nenhum gol, chegando a empatar por 0 a 0 com Náutico, no Pacaembu. Além de ocupar a última posição na tabela de classificação, com nove pontos, o clube pernambucano tem, ao lado do Vasco, a defesa mais vazada da competição nacional, com 34 gols sofridos.

“O Corinthians nunca para. Sempre que pudermos melhorar o elenco, isso será feito. Nossa obrigação é jamais deixar de acompanhar. Nosso grupo é excelente, é o mesmo que conquistou todos os títulos. Isso é momento. Tivemos problemas de lesões, convocações. Temos que trabalhar e passar por isso”, encerrou Duílio Monteiro Alves.

A equipe alvinegra ocupa a quinta colocação na tabela de classificação, com 30 pontos, e está 13 pontos atrás do líder, Cruzeiro, e tem cinco de desvantagem em relação ao Atlético-PR, último clube que estaria classificado para próxima edição da Copa Libertadores da América. Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o Corinthians mede forças com Goiás, no Pacaembu, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade