Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Dirigente garante Dunga no cargo e vê noite infeliz do Inter

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A derrota por 2 a 0 para o Bahia na Fonte Nova não coloca o cargo do técnico Dunga em risco no Internacional. A garantia é do diretor de futebol do clube, Luís César Souto de Moura. Em coletiva após a partida, o dirigente elogiou o trabalho da comissão técnica colorada, e destacou que a solução para os problemas está no próprio grupo.

“Esqueçam essa possibilidade (de demissão de Dunga). Não está aí o problema. O grupo é bom, a comissão técnica é excelente, de seleção brasileira. Entendemos que o trabalho está muito bem feito, mas temos tido problemas de execução, e isso precisa ser corrigido. Mas temos a convicção de que a solução para estes problemas está com quem trabalha no clube”, analisou Souto de Moura.

O dirigente também absolveu o técnico por ter escolhido entrar com três volantes na Fonte Nova. No segundo tempo, quando abriu mão de Josimar para a entrada de Caio, o Inter cresceu e quase chegou ao empate: “não acho que tenha sido um erro de estratégia. Foi uma tentativa que o treinador fez de trazer segurança defensiva à equipe. O fato é que não fizemos um jogo. Foi uma noite extremamente infeliz”, resumiu.

Luís César Souto de Moura também descartou que a ausência de D’Alessandro tenha sido a causa para a derrota, e ressaltou novamente o azar da equipe gaúcha na hora de concluir a gol. O Internacional, com a derrota, viu a distância para o G-4 aumentar para quatro pontos. Domingo, a adversária será a Portuguesa, no Estádio do Vale.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade