Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Dorival não confirma escalação em último treino antes de pegar o Galo

Rio de Janeiro (RJ)

Dorival Júnior manteve sua palavra. Após declarar que não divulgaria a escalação do Vasco e manteria o mistério até momentos antes da partida contra o Atlético-MG, o comandante alvinegro comandou um treinamento com onze jogadores na linha na manhã deste sábado e não confirmou os atletas que entrarão em campo no domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A principal dúvida está na escolha do companheiro de Tenório no ataque. Como André não pode enfrentar o time mineiro por motivos contratuais (o Galo detém os seus direitos econômicos), Marlone e Willie brigam pela vaga. A opção de os dois jogarem juntos é remota, uma vez que o treinador admitiu que irá escalar uma equipe com o meio de campo mais reforçado na capital mineira. Além deles, o garoto Thalles, de apenas 18 anos, viajou com o elenco e pode fazer sua estreia como profissional entre os titulares.

A atividade desta manhã não teve nenhum trabalho tático, mas alguns indícios da formação de domingo foram dados no próprio rachão. Wendel, que briga por vaga com Baiano, foi utilizado no time principal e deve ser o titular da lateral esquerda. Abuda tem tudo para iniciar como o primeiro volante. No meio, Pedro Ken, Juninho, Dakson devem fazer companhia ao jogador de 24 anos, e, no ataque, Tenório ainda não sabe quem será seu companheiro.

Décimo oitavo colocado com 24 pontos, o Vasco da Gama inicia sua caminhada para se livrar da zona do rebaixamento à segunda divisão nacional neste domingo, às 18h30 (de Brasília), contra o Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O time mineiro ocupa a 12ª posição e vem de derrota para o São Paulo, no Morumbi.

Divulgação/Vasco da Gama
Dorival Júnior manteve o mistério e não confirmou a equipe que entrará em campo contra o Atlético-MG

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade